Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A inglesa Heymoonshaker é a última atração divulgada pelo Festival, que tem início no dia 4 de novembro  

O Demo Sul 2016 divulgou a última atração confirmada para o lineup do Festival. A grande novidade, que completa a programação, é o duo britânico Heymoonshaker. O duo, que começou a carreira se apresentando nas ruas de Londres, mistura uma guitarra crua, cheia de influências do blues, a um beatbox tão preciso que soa como uma verdadeira bateria.

O encontro aconteceu em 2008, nas ruas da Nova Zelândia, mas o sucesso absoluto veio em 2012, quando saíram das ruas para o estúdio e lançaram o primeiro EP “Shakerism”. A irreverência na forma e a pegada crua levaram o Heymoonshaker da cena independente direto para os grandes festivais do mundo.  Os músicos desembarcam no Brasil em novembro, pela primeira vez, especialmente para a noite de encerramento do Demo Sul.

Programação completa - Com o Heymoonshaker, a grade de programação fica completa e vai reunir 30 bandas. São atrações locais, estaduais, nacionais e internacionais que serão distribuídas em seis palcos, ao longo de nove intensos dias de shows, atividades formativas e rodadas de negócio. 80% da programação do ano é gratuita e a abertura do Festival, marcada para o dia 4 de novembro, retoma a Feira Demo Sul.

A Feira é um dos projetos paralelos do Festival que reúne shows e expositores locais, gratuitamente, na Concha Acústica. Este ano, a feira tem início às 16h da sexta-feira, 4, e a primeira atração é a banda De um Filho, De Um Cego (Jacarezinho), seguida da londrinense Luke De Heldandthe Lucky Band. Além delas, ainda sobem ao palco as bandas Central Sistema de Som (Curitiba) e, a grande atração da noite, a paulista Patife Band.  

No dia seguinte, sábado, a festa continua no Iate Clube, o grande palco da 16ª edição do Demo Sul. No sábado (5), a londrinense Loladéli abre os trabalhos, seguida do duo Phantom Powers (RS). A paraense A República Imperial também se apresenta nessa noite, seguida da curitibana Motorocker. O último show da noite fica por conta do recifense Di Melo, uma das atrações mais aguardadas do ano, que será acompanhado pela banda londrinense Sarará Criolo.

E o domingo (6) também tem programação. A grade mais “pesada” do Demo Sul traz as bandas Poltergat (SP), e as londrinenses Hellpath e Imagery para o palco do Barbearia.

Segundo final de semana - Na quinta-feira (10), o Valentino é palco de uma noite inteiramente instrumental. Os shows têm início na “Casinha”, às 21h30, com apresentação da gaúcha Andrea Perrone, que traz seu violão flamenco para o palco, e é seguida da londrinense The Greengrass Brothers. Mais tarde, na pista do bar, se apresentam as bandas Octopus trio (Londrina), Muntchako (Brasília) e a ovacionada Macaco Bong (Cuiabá).

A penúltima noite do Festival, sexta-feira (11), tem uma verdadeira maratona de shows. No palco do Sesi/AML, se apresentam as londrinenses Montauk, The Weird Family e Abacate Contemporâneo. A noite continua na Vila Cultural Cemitério de Automóveis, com shows das também londrinenses Etnyah e Mucambo de Bantu. O encerramento fica por conta do show quente da Bandinha Di Dá Dó (RS).

Por fim, para sua noite de gala, o Demo Sul retorna para o Iate Clube com show da londrinenses RedMess. Na sequência sobem ao palco a paulista Mocho Diablo, a londrinense Convulsão, e as duas atrações internacionais do ano: a argentina Rosário Smowing e a inglesa Heymoonshaker. A gaúcha Defalla é a última banda da noite e sobe ao palco para encerrar em grande estilo a 16ª edição do Festival Demo Sul.

XII Simpósio de Música Independente - Nos dias 10 e 11, sexta e sábado, desembarcam em Londrina 17 produtores, diretores de festivais, donos de agências, selos e gravadoras do Brasil e de outros países da América Latina para a 12ª edição do Simpósio de Música Independente.

Na sexta-feira, 10, o SESI/AML recebe a primeira etapa do simpósio, que inclui três mesas de debate e os shows do Montauk, The Weird Family e Abacate Contemporâneo. A primeira mesa discute “Exportação E Circulação Na América Latina E Mercado Mundial”, a segunda debate “Modelos De Gestão:  Gerenciamento De Carreiras Na Cena Independente” e, por fim, a terceira mesa traz o tema das “Feiras e Festivais de Música”.

No sábado, o Simpósio migra para o SESC-Cadeião, quando os convidados estarão disponíveis para a rodada de negócio com as bandas locais. “Além de compartilhar conteúdo, o knowhow desses produtores tão importantes para a cena da música independente brasileira, a ideia é que as bandas possam apresentar seus trabalhos, fechar shows fora da cidade, distribuir discos, enfim, que os músicos aproveitem a oportunidade como a sua criatividade permitir. O objetivo é mesmo impulsionar a cena local”, comenta Marcelo.

Além do simpósio, ainda integram a programação formativa do Demo Sul as oficinas de Videoclipe, com a equipe da Clareira Filmes e a oficina de Gestão de Projetos Culturais.

Vendas de ingresso - Os ingressos para o Festival Demo Sul começam a ser vendidos no dia 7 de Outubro, na Sonkey (R. Souza Naves, 09 – Centro) e na Logic Sk8 Shop (Aurora Shopping, Loja 60 – P1).

O Festival Demo Sul 2016 é uma realização da Associação Cultural do Rock de Londrina e a Braço Direito Produções, conta com o patrocínio da Prefeitura de Londrina, através do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC), e do Prêmio FUNARTE de Programação Continuada para Música Popular.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.