Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Por indicação do deputado estadual Cobra Repórter (PSC), o Colégio Estadual 11 de Outubro, localizado no jardim Novo Bandeirantes de Cambé, vai passar por reformas. Há cerca de um ano, todo um bloco que inclui biblioteca, salas de informática e de apoio, está interditado por problemas na laje, prejudicando o aprendizado dos 1.200 alunos da escola.

A reforma, orçada em R$ 150 mil, será licitada pela Secretaria Estadual de Educação. De acordo com o deputado estadual Cobra Repórter, o pedido para que esse colégio fosse beneficiado, se deu por conta da sua necessidade. “Os alunos estão sendo prejudicados, pois não podem ter acesso à biblioteca para pesquisa, não estão tendo aula de informática e os professores não podem usar a sala de apoio. A reforma precisa ser feita com urgência”, destacou o deputado.

Ele reforçou ainda que a secretaria estadual de Educação já disponibilizou a verba e que irá solicitar que a licitação seja encaminhada rapidamente, devido à situação da unidade, que atende alunos do ensino fundamental II e médio.

A diretora Samantha Karen de Freitas espera conta com a reforma, pois mais prejudicados são os alunos. “Temos o projeto Mais Educação aqui, mas os alunos não podem ter aula de informática, pois o laboratório está interditado. Além disso, o colégio também precisa de outras reformas na cozinha e no muro”, destacou.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.