Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A 2.ª Promotoria de Justiça de Cambé, na Região Norte-Central do Estado, e a prefeitura da cidade firmaram, na quarta-feira (13), Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para normatizar a utilização das vias públicas por vendedores ambulantes e comerciantes de veículos. O TAC foi assinado pelo prefeito de Cambé, pelo diretor do Departamento de Fiscalização da Secretaria de Fazenda e pelo secretário Municipal de Agricultura e do Meio Ambiente.

No Termo de Ajustamento de Conduta, os representantes do município comprometem-se a proibir a exposição e venda sem licença municipal de produtos e veículos, em locais públicos e lugares de acesso comum existentes em Cambé. De acordo com a Promotoria de Justiça, a prática de vender produtos e veículos sem a devida licença caracteriza-se como concorrência desleal, já que os demais comerciantes possuem encargos com funcionários, taxas, impostos e tributos.

Além disso, os responsáveis informam no TAC que a prefeitura iniciou um processo licitatório para contratação de uma empresa que vai gerenciar o sistema de estacionamento rotativo, cuja lei municipal foi aprovada no fim de 2014. Conforme descrito no termo, a Administração Municipal deve fornecer à Promotoria de Justiça, no prazo de dez dias, informações sobre o andamento da licitação e a cópia da lei municipal em questão.

Asimp/MP/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.