Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O município de Cambé apresenta saldo positivo no número de empregos pelo quinto mês consecutivo em 2021, segundo os dados divulgados na quinta-feira (01) pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Neste mês de maio, Cambé admitiu 981 pessoas e demitiu outras 839, alcançando um saldo de 142 empregos gerados e uma variação positiva de 0,61%. Nos cinco primeiros meses de 2021, a cidade teve um crescimento de 6,76% na geração de empregos, número superior ao dos doze meses de 2020 (4,43%). Cambé tem 23405 pessoas trabalhando com carteira registrada.

Ainda segundo os dados do Caged, o setor que mais se destacou foi o da indústria, com 294 admissões e 235 demissões, apresentando um saldo de 59 empregos gerados. Outros setores que também se destacaram foram o de serviços e o de construção civil, alcançando saldos de 56 e 51 empregos, respectivamente. Por outro lado, o comércio e a agropecuária tiveram mais demissões do que admissões em maio: o comércio ficou com um saldo negativo de 20 empregos e a agropecuária com menos quatro empregos.

A variação relativa de empregos gerados em maio em Cambé está pouco abaixo na nacional (0,70%), mas acima da média paranaense (0,56%) e da cidade de Londrina (-0,09), que demitiu mais do que contratou.
Segundo o economista, consultor e professor universitário, Marcos Rambalducci, os dados do Caged apontam que Cambé está construindo uma estrutura produtiva diversificada, sólida e com ênfase no setor industrial. “Esta percepção é fruto da análise dos números de geração de emprego formal que a cidade vem apresentando ao longo dos últimos meses”, ressalta. Sobre a indústria, a construção civil e a prestação de serviços – os setores que mais se destacaram em maio –, o economista explica que: “a cidade atrai e desenvolve indústrias, mas também se posiciona como um lugar que as pessoas escolhem para viver e com isso consolida o setor de prestação de serviços, certamente ligada à demanda de sua população residente”.

O secretário municipal de Trabalho, José Aparecido Rolim, destacou o bom momento que a cidade vive na geração de empregos. “Nosso objetivo é diminuir o desemprego e estamos trabalhando para isso. Estamos criando formas de qualificar o trabalhador cambeense, de levar conhecimento técnico e educacional a eles, além de reforçar a busca por ampliação de oportunidade em nossa cidade”, afirmou.

O prefeito Conrado Scheller lembrou que o crescimento na geração de empregos vem acompanhado do desenvolvimento econômico do município. “Cambé está em uma curva ascendente, mesmo com a pandemia e isso reflete na geração de empregos. Estamos com vários projetos que alavancarão o desenvolvimento econômico da cidade e puxarão ainda mais o mercado de trabalho”, pontuou.
NCPMC

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.