Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

DivulgaçãoPara homenagear o pesquisador da Embrapa Soja, Nilton Pereira da Costa, falecido em dezembro de 2008, o Emater – Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural -, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e o Sindicato Rural de Cambé entregarão um troféu com o nome do pesquisador aos produtores campeões das edições dos Concursos Municipais Contra Perdas nas Colheitas da Soja. A solenidade de entrega do “Prêmio Nilton Pereira Da Costa”será no 12 de junho, às 19h30, no Parque Figueira Branca, sede do Sindicato Rural de Cambé, e deve contar com a presença de 800 produtores e autoridades estaduais e municipais.

“O Nilton foi o grande colaborador de todo o trabalho de perdas na colheita de soja, tornando o município de Cambé destaque nacional em redução de perdas. Quando começamos o programa, a média das perdas era de 2,4 sacas por hectare e, na última safra, o índice caiu para 0,4 sacas por hectare”, enfatiza o extencionista do Emater, Alcides Bodnar.

O Prêmio Nilton Pereira Da Costaserá entregue ao vencedor da edição de 2009 e também aos ganhadores dos concursos anteriores (período de 1994 a 2009). O evento é promovido pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento de Cambé, em parceria com o Emater. A Embrapa Soja sempre apoiou o evento, por meio da equipe de sementes, que promoveu treinamentos e orientações técnicas para a assistência técnica e, anualmente, realiza a pesagem dos grãos coletados nas propriedades participantes. 

Menos perdas na colheita

Todos os anos, os agricultores brasileiros perdem na operação de colheita, em média, 2 sacas de soja por hectare. O desperdício poderia ser reduzido pela metade, se os produtores utilizassem, durante a operação de colheita, o copo medidor, capaz de monitorar as perdas. O instrumento, desenvolvido pela Embrapa Soja, é capaz de apontar o índice de grãos perdidos. A partir dessa informação, o agricultor pode investigar o que provoca o desperdício: se é má regulagem da máquina, velocidade excessiva da colhedora, entre outros fatores.
(Asimp/Embrapa)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.