Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Prefeitura de Cambé, por meio da Secretaria de Obras, entregou no sábado (08) à comunidade da Capela Mortuária Diomedis Carneiro, localizada no Jardim Novo Bandeirantes (Rua Francisco Xavier da Silva, 525). Segundo Manoel Cícero dos Santos, secretário de Obras, a capela passou por uma reforma e ampliação. “Ela possuía apenas uma sala de velórios e não tinha nenhum local de espera”, explica o secretário.

Segundo dos Santos, foi construída uma nova sala de velório, totalizando duas agora, uma sala de espera e uma nova cozinha, ficando com duas, no total. “Nós também fizemos uma nova pintura, reformamos a parte hidráulica e elétrica, colocamos móveis e eletrodomésticos novos, ar-condicionado, além do trabalho de jardinagem e a colocação de grades”, pontua o secretário. Ele também ressalta que a capela recebeu melhorias em relação à acessibilidade, com a colocação de piso tátil. Segundo informações da Secretaria de Obras, a Capela Mortuária do Novo Bandeirantes atende por volta de 13 bairros próximos, totalizando mais de 20 mil pessoas.

“O trabalho de reforma e ampliação foi feito por conta da alta demanda de pessoas na região e para garantir mais conforto às famílias em momentos tristes como esses”, ressalta Manoel Cícero dos Santos. Ele ainda pontua que, por conta da pandemia, a obra teve um atraso no tempo de execução.

Ainda segundo informações da Secretaria de Obras, a área ampliada foi de 101,19 m² e a capela agora tem 200,79 m². A obra foi realizada pela empresa terceirizada Rezende Construções Civis. O investimento municipal foi de R$ 275.865,00. A obra teve início ainda na gestão do ex-prefeito Zé do Carmo e foi entregue no mandado do atual prefeito, Conrado Scheller, que ressaltou a importância da ampliação para a comunidade. “Era uma reivindicação muito antiga dos moradores da região do Novo Bandeirantes, que compreende vários bairros. A reforma traz conforto às pessoas que precisam do local sempre em um momento de fragilidade, tristeza e abalo emocional”, reforçou.

Viúva de Diomedis Carneiro, dona Benedita Inácia Bueno Carneiro, de 81 anos, esbanja alegria e emoção com a homenagem feita ao marido. “É muito feliz e emocionante para a gente ver o nome do meu esposo na Capela Mortuária. É um reconhecimento”, disse.

A cerimônia contou com a participação de vereadores, secretários municipais e representantes da comunidade local. 

NCPMC

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.