Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Pela primeira vez, capacitação foi realizada no município. A procura dos empresários locais foi tão grande que uma segunda turma foi aberta e fará o curso em agosto

A cidade de Porecatu, no Norte do Paraná, foi sede, pela primeira vez, de um dos melhores seminários de empreendedorismo do mundo: o Empretec, realizado pelo Sebrae/PR. A primeira turma concluiu a capacitação em junho, mas a procura dos empresários locais foi tão grande que a entidade resolveu abrir inscrições para a formação de um segundo grupo, entre os dias 7 e 12 de agosto. O curso é voltado para o desenvolvimento de características de comportamento empreendedor e para a identificação de novas oportunidades de negócios.

A consultora do Sebrae/PR, Beatriz Poletto, disse que o primeiro seminário realizado no município foi um sucesso e gerou ainda mais expectativa entre os participantes que vão fazer o Empretec em agosto. Ela destaca a importância da realização do curso em Porecatu. “O município apresenta uma densidade empresarial menor quando comparado a outros, mas se destaca por ter vários empresários e líderes focados no desenvolvimento local e que buscam a melhoria na gestão dos seus negócios. Percebe-se que estão focados em se tornarem referência e apresentam interesse e disposição para desenvolver o lado empreendedor”, avaliou. Beatriz acrescentou ainda que o Sebrae/PR se faz presente em municípios menores buscando, sempre, o fortalecimento das micro e pequenas empresas.

O empresário do ramo de confecções e presidente da Associação Comercial e Empresarial de Porecatu, Leandro Volpato, participou da primeira turma do Empretec e disse ter indicado dez pessoas para a segunda turma do seminário. “Foi um curso muito animador, eu estava precisando de uma capacitação que me valorizasse como pessoa”, afirmou. Volpato, além de estar à frente de uma loja de confecções e uma clínica médica, disse que trabalha numa terceira opção de negócio, uma empresa de consultoria de imagem. “Percebi, após o curso, que sou capaz de fazer qualquer coisa”, revelou.

A participante mais experiente do grupo, Risoleta Araújo Paduan, de 73 anos, é professora aposentada e terapeuta holística. “Para mim, foi extraordinário. E o mais importante é que eu terminei junto com meus ‘moleques’ de 50 anos e dei conta. Saí muito feliz do curso”, contou. Risoleta elogiou a realização do seminário em Porecatu. “O Empretec numa cidade pequena, além do enfoque pessoal, existe o enfoque coletivo, incentiva os empresários a se voltarem para as necessidades do município”, argumentou. Segundo ela, a primeira turma formou um grupo muito solidário. “O curso terminou com o foco voltado no desejo de crescimento da cidade. São iniciativas assim que as cidades brasileiras precisam”, observou.

O Empretec

O Empretec é uma metodologia da ONU voltada para o desenvolvimento de características de comportamento empreendedor e para a identificação de novas oportunidades de negócios, promovido em cerca de 34 países. No Brasil, o Empretec é realizado exclusivamente pelo Sebrae e já capacitou cerca de 230 mil pessoas.

São 60 horas de capacitação em seis dias de imersão em que os participantes são desafiados em atividades práticas, cientificamente fundamentadas, que apontam como um empreendedor de sucesso age, tendo como base 10 características comportamentais: busca de oportunidade e iniciativa; persistência; correr riscos calculados; exigência de qualidade e eficiência; comprometimento; busca de informações; estabelecimento de metas; planejamento e monitoramento sistemáticos; persuasão e rede de contatos; e independência e autoconfiança.

Asimp/Sebrae/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios