Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A iniciativa faz parte do programa Escrituração Direta, do Governo do Estado, e que oferece condições facilitadas e com menos burocracia para a emissão das escrituras de propriedade de imóveis financiados pela Cohapar. O processo pode ser iniciado online com o preenchimento do formulário de adesão disponível no site.

A regional da Cohapar em Apucarana retomou o serviço de entrega de escrituras a mutuários que quitaram o financiamento imobiliário com a companhia. Nesta semana, mais cinco famílias de Jardim Alegre receberam os títulos de suas propriedades, em um trabalho que já resultou na emissão de 381 títulos de propriedade nos 26 municípios atendidos pela regional.

A iniciativa faz parte do programa Escrituração Direta, do Governo do Estado, e que oferece condições facilitadas e com menos burocracia para a emissão das escrituras de propriedade de imóveis financiados pela Cohapar. Podem participar os titulares dos contratos de financiamento ou seus herdeiros, bem como compradores que tenham a anuência dos titulares e pessoas que comprovem residência no imóvel há mais de cinco anos.

O serviço custa R$ 478,36 à vista e há possibilidade de parcelamento em quatro prestações de R$ 132,88 ou seis de R$ 88,60. O valor é até seis vezes menor do que o cobrado pelos tabelionatos pelo mesmo serviço. Após o pagamento e recebimento do documento, os beneficiários podem utilizá-lo para registrar a propriedade da casa nos cartórios de registro de imóveis.

De acordo com a chefe do escritório regional de Apucarana, Elisângela Araújo, além das escrituras entregues em Jardim Alegre, mais 71 já estão em processo de emissão. “Intensificamos o processo de entrega das escrituras, mas por causa das restrições da pandemia, nós continuamos com o processo de emissão dos títulos remotamente, por meio de WhatsApp, e-mail e telefone”, explica Elisângela.

Como participar

O processo pode ser iniciado online com o preenchimento do formulário de adesão disponível no site www.cohapar.pr.gov.br/escritura.

Os moradores da região também podem solicitar o serviço e tirar dúvidas sobre o progeama pelo número (43) 3308-3150, que funciona para atendimento via telefone e WhatsApp. O atendimento é prestado de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Além de agilizar o processo de emissão com diversas etapas pela internet ou telefone, a entrega das escrituras aos beneficiários é feita individualmente, mediante agendamento prévio, e de acordo com os protocolos sanitários para reduzir os riscos de contágio pela Covid-19.

Preço acessível

Para a diarista Silvana da Rocha, de 40 anos, o programa da Cohapar foi o que permitiu que ela fizesse o registro de propriedade da sua casa. “O dinheiro já é apertado trabalhando de diarista, então a escritura normal é muito cara”, comenta Silvana, para quem o documento trará mais segurança daqui pra frente. “Agora eu vou ter mais tranquilidade, sabendo que de fato a casa que eu moro é minha mesmo”, conclui.

Municípios

O escritório regional da Cohapar em Apucarana atende os municípios de Arapongas, Arapuã, Ariranha do Ivaí, Bom Sucesso, Borrazópolis, Califórnia, Cambira, Cruzmaltina, Faxinal, Godoy Moreira, Grandes Rios, Ivaiporã, Jandaia do Sul, Jardim Alegre, Kaloré, Lidianópolis, Lunardelli, Marilândia do Sul, Marumbi, Mauá da Serra, Novo Itacolomi, Rio Bom, Rio Branco do Ivaí, Rosário do Ivaí, São João do Ivaí e São Pedro do Ivaí.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios