Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 22 de outubro. A maratona será online e distribuirá R$ 10 mil em prêmios

Estão abertas as inscrições para o Hackathon Apucarana Smart - Food Service, maratona para o desenvolvimento de tecnologias, ferramentas e soluções criativas e inovadoras para desafios da assistência social. O tema da edição é “Distribuição inteligente de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social”. Podem participar pessoas maiores de 18 anos e empresas com conhecimento nas áreas de tecnologia da informação, comunicação, engenharias, design e negócios. As inscrições podem ser feitas até 22 de outubro, neste link.

A maratona será realizada entre os dias 29 e 31 de outubro de forma 100% virtual. A programação inclui mentorias, apresentações, brainstorming, workshops com convidados. As equipes podem ser formadas por mínimo de três e máximo cinco pessoas, e o limite é de 75 participantes. Os três melhores projetos serão conhecidos às 19h30 de 6 de novembro e receberão premiações em dinheiro, sendo R$ 5 mil para o primeiro colocado, R$ 3 mil para o segundo, e R$ 2 mil para o terceiro. A maratona é uma realização do Sebrae/PR, Conecta Apucarana e Prefeitura de Apucarana.

O coordenador do Conecta Apucarana e presidente do SRI do Vale do Ivaí, Tiago Ferreira Ribeiro, explica que a demanda foi trazida pela Secretaria de Assistência Social de Apucarana, que busca desburocratizar o processo de arrecadação e entrega de alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social na cidade.

“Os participantes do hackathon serão desafiados a criar soluções que agilizem a entrega dos benefícios e o atendimento às famílias com o cumprimento da legislação”, afirma. Depois da maratona, os três melhores projetos serão convidados a participar de um ciclo de pré-incubação no espaço do Conecta Apucarana para viabilizar as soluções, que poderão ser replicadas para outras prefeituras brasileiras.

A diretora de Proteção Básica da Secretaria Municipal de Assistência Social de Apucarana, Débora Sanitá Malaguido Pinto, explica que o objetivo da prefeitura é modernizar o sistema de entrega de cestas básicas para famílias em vulnerabilidade, que se encontram em situação de insegurança alimentar tanto no município, como distritos e áreas ruais. Hoje, as famílias atendidas precisam buscar, pessoalmente, as cestas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

 “Com um cartão-alimentação, elas teriam mais autonomia para ir ao mercado ou mercearia e comprar os alimentos que desejarem, além de produtos de higiene e limpeza. Mas, ao mesmo tempo, precisamos de uma tecnologia que limite a compra apenas de itens de necessidade básica”, explica.

O consultor do Sebrae/PR, Tiago Correia da Cunha, ressalta que o ecossistema, por meio do Conecta Apucarana, além de fomentar a cultura de inovação na cidade e região, tem a possibilidade de resolver problemas de cunho social. “São problemas do município que podem ser solucionados com eventos como o hackathon e contribuir para a melhoria na qualidade dos serviços oferecidos pela cidade”, aponta.

Asimp/ Sebrae/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.