Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Assistência Social e Cras alertam tamaranenses sobre golpes por WhatsApp em relação ao benefício emergencial

A Secretaria municipal de Assistência Social e o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Professora Sueli Dias de Paula Oliveira esclarecem que, assim como todos os municípios do Brasil, Tamarana também aguarda os trâmites necessários após a sanção presidencial para, então, poder transmitir aos moradores informações detalhadas sobre como irá funcionar o benefício emergencial criado pelo projeto de lei federal 1.066/2020 (leia o PL aqui: https://bit.ly/pl10662020).

De acordo com o Ministério da Cidadania, o auxílio será voltado para trabalhadores informais, microempreendedores individuais e desempregados afetados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ele será de R$ 600 ou R$ 1.200. O próprio ministério, em matéria publicada em seu portal nesta semana, informou que ainda não é o momento de a população recorrer ao Cras ou aos bancos.

Em entrevista na terça-feira (31), a secretária municipal de Assistência Social, Mariza Assumpção Jorge, e a coordenadora do Cras de Tamarana, Ariadyne de Oliveira Fagundes, pediram aos munícipes que fujam dos golpes que têm sido aplicados principalmente através do WhatsApp para tentar enganar possíveis beneficiários.

A entrevista completa está disponível para ser ouvida na página da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tamarana no Soundcloud: https://soundcloud.com/comunica-tamarana/beneficio-para-autonomos-e-continuidade-de-demais-auxilios-assistencia-social-e-cras-esclarecem

Benefícios regulares continuam

Além disso, o Ministério da Cidadania adotou medidas recentes que suspendem qualquer tipo de bloqueio, suspensão e cancelamento do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) durante 120 dias. Para evitar que os usuários tenham de sair de casa, também estão paralisados todos os procedimentos de averiguação de cadastros do Cadastro Único.

As portarias do Ministério da Cidadania que estabeleceram essas ações podem ser conferidas aqui (https://bit.ly/portaria3352020) e aqui (https://bit.ly/portaria3302020).

Em caso de dúvidas, ligue

O Cras tem atendido a população através de agendamento prévio, que é feito nos telefones 3398-1960 e 1961. Esses mesmos números podem ser acionados pela comunidade de segunda a sexta-feira (das 8h às 12h e das 13h às 17h) para sanar dúvidas relacionadas aos benefícios que já existem (e a esse que está por vir). São aceitas ligações a cobrar.

A Secretaria municipal de Assistência Social também funciona de segunda a sexta-feira e está à disposição para prestar esclarecimentos aos tamaranenses. O telefone é o 3398-1977. Atualmente, o horário de atendimento vai das 8h às 12h.

NCPMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios