Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Já começou a trabalhar na quinta-feira (18) o britador móvel de cascalho que a Prefeitura de Tamarana recebeu por meio de convênio firmado com a Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento. Em ação conjunta entre as secretarias municipais de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e de Obras, o equipamento triturou resíduos da construção civil coletados nas ruas por equipe da pasta de Obras.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, José Carlos dos Santos, os entulhos, após passarem pelo britador, ganham novas utilidades. "É um material que, se estiver bem separado, pode ser reaproveitado em estradas rurais, carreadores, fazer recuperação de aterros ou de erosões", explicou. "Quem tem resíduos de demolição em casa, que faça a separação correta para o reaproveitamento no futuro", pediu o secretário.

Conforme ele, o montante já processado será utilizado inicialmente em demandas da administração municipal, mas, futuramente, os próprios moradores podem requisitar o cascalho para fins particulares. Para isso, basta apresentar requerimento na Secretaria municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

O órgão, inclusive, já está à disposição para receber os pedidos. O endereço é Rua Albino Lovo, 85, Centro (ao lado do destacamento da Polícia Militar). A pasta atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Mais informações são dadas no telefone 3398-1948.

O britador móvel de cascalho custou R$ 470 mil. A Prefeitura de Tamarana pagou contrapartida de R$ 23.500,00 para poder adquiri-lo.

Lucas Marcondes Araújo/NCPMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios