Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

As Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) Padre Carmel Bezzina, do Jardim Juny, e Plínio Pereira de Araújo, da área central, têm desenvolvido ações ao longo deste mês para conscientizar mães – e também pais – de Tamarana sobre os diversos pontos positivos que o aleitamento materno proporciona.

A iniciativa integra o Agosto Dourado, campanha mensal instituída no Brasil em 2017 para informar e debater a respeito da importância do ato da mãe amamentar seu filho.

Durante a última quarta-feira (7), gestantes (algumas delas acompanhadas por seus companheiros) estiveram nas unidades de saúde para participar de palestras ligadas ao tema. As falas foram conduzidas por profissionais de áreas distintas da Saúde local (enfermagem, fonoaudiologia, ginecologia, nutrição e odontologia).

"Além de questões imunológicas e nutricionais absolutamente adequadas para a criança, o estabelecimento do vínculo entre mãe e filho se constitui a partir da amamentação. É uma prática essencial para a boa saúde do bebê e da mãe", afirmou o diretor municipal de Ação em Saúde, Leandro Feronato.

 “Existem muito mitos em cima da amamentação, e são esses mitos que a gente quer quebrar com a campanha”, contou uma das responsáveis pelos encontros, a médica ginecologista do município, Jamile Lemos Garcia. “Muitas mães acham que não conseguem amamentar por não terem leite suficiente. Quando mais amamenta, mais leite ela tem. É preciso estímulo”, exemplificou.

Conforme as autoridades em saúde, o bebê deve ter a amamentação como fonte exclusiva de alimentação até o sexto mês de vida. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a prática prossiga – intercalada com outros alimentos – até os dois anos de idade. “Se a mãe amamenta hoje, isso reflete até na vida adulta da criança”, disse a médica.

"A iniciativa das coordenadoras da UAPS e suas equipes em desenvolver essas ações demonstra seu empenho e envolvimento com o estímulo ao aleitamento materno, que é uma política nacional e a gente não poderia ficar de fora", elogiou Feronato.

Ainda neste mês, na tarde do dia 30, a campanha irá ofertar palestra para os profissionais das duas UAPS. Além da agenda com as gestantes no dia sete, também houve encontros com servidores da Educação municipal e no Projeto Solipar.

Gestação em pauta

Em Tamarana, durante toda primeira quarta-feira do mês, as UAPS do Centro (manhã) e do Jardim Juny (tarde) oferecem palestras que abordam temas relacionados à gestação. Mais informações da agenda da iniciativa podem ser obtidas nos telefones 3398-1983 ou 1987.

Lucas Marcondes Araújo/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios