Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo e presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa, enviou, ontem (09), um ofício para a delegacia de Centenário do Sul solicitando informações e rigor na investigação do caso em que uma idosa era mantida em cárcere privado pela própria filha.

Segundo relatos da sobrinha da vítima, ela encontrou a idosa com a fralda toda molhada, com fome e frio trancada em um quarto. “Sou autor da lei ‘Junho Violeta”, mês de conscientização e prevenção contra a violência à pessoa idosa. Esse é um assunto que me preocupa muito! É preciso que conscientizemos a sociedade sobre a importância do respeito aos mais velhos, o que só será possível a partir da educação de todas as gerações e a mudança de comportamento. O idoso não pode ser visto como uma pessoa incapaz, mas como um ser humano detentor de direitos”, disse o deputado estadual Cobra Repórter.

O deputado também reforça a importância da denúncia. “Caso alguém note algo suspeito, denuncie no Disque Idoso pelo telefone 0800 141 0001 ou no 181 da Polícia Militar. No site da Criai (www.criaiparana.org), também é possível fazer uma denúncia clicando no ‘botão’ que fica logo na página principal! A denúncia é de fundamental importância para combater este tipo de crime”, explica o presidente da Criai.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.