Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O contrato de programa a ser firmado entre a Prefeitura de Campo Mourão e a Sanepar para a prestação de serviços de saneamento no município pelos próximos 30 anos foi apresentado à população e discutido na quarta-feira (15) em audiência pública. Agora, o Executivo enviará à Câmara de Vereadores projeto de lei que autorizará a assinatura do contrato pela prefeitura, Governo do Estado e Sanepar.

Previsto no Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), o contrato determina as metas dos serviços de água e de esgoto na cidade e os investimentos da Sanepar para o cumprimento desses indicadores. A cobertura com rede coletora de esgoto que hoje é de 88% deverá chegar a 94%, e o atendimento com água potável deverá ser mantido para 100% da população, conforme. O contrato poderá ser revisto a cada quatro anos.

A Sanepar também dará desconto de 50% nas faturas de água e de esgoto dos imóveis públicos municipais e repassará mensalmente 2% de seu faturamento na cidade para o Fundo Municipal de Saneamento e Meio Ambiente.

Outro item estabelece a implantação do Parque Gralha Azul, em parceria com a prefeitura, e a reestruturação do Ecomuseu dentro do Parque Municipal. “A Sanepar já tem um trabalho estruturado com ações efetivas de conservação dos mananciais de abastecimento público. Também desenvolve ações de conscientização das pessoas para a importância do meio ambiente”, afirma o presidente da empresa, Ricardo Soavinski.

O Parque Gralha Azul será implantado em área onde passa tubulação da Sanepar e há uma grande voçoroca que coloca em risco a própria estrutura da Companhia.

Segundo Soavinski, os parques ambientais contribuem para que as pessoas estejam mais conectadas à biodiversidade e à natureza e, consequentemente, mais comprometidas com a preservação. “De 2016 para 2017, o número de visitantes de parques ambientais cresceu de 9 milhões para 11 milhões no Brasil. À medida que as pessoas vinculam lazer à natureza, elas estabelecem uma relação maior de respeito com o meio ambiente e também se sentem responsáveis pela preservação em vez de acharem que tudo deve ser feito pelo poder público”, disse.

O prefeito Tauillo Tezelli destaca que a parceria entre a prefeitura e a Sanepar sempre foi muito boa com a garantia de serviços de qualidade para a população. “O novo contrato prevê mais investimentos e benefícios para a cidade”, disse.

O presidente da câmara, vereador Edson Battilani, salientou a importância da audiência pública por colocar em discussão os serviços de saneamento na cidade. “A Sanepar presta um serviço de altíssima qualidade. O novo contrato estabelece a ampliação dos serviços de água e de esgoto, o que representa qualidade de vida para a população. E também garante avanços na área ambiental com o repasse de recursos para o Fundo Municipal”, afirma.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios