Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo, esteve, ontem (6), com o secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Márcio Nunes, em Curitiba. Na oportunidade, o secretário confirmou ao deputado a liberação dos recursos para a castração de animais em cidades do Norte do Estado.

“As ações sofreram um atraso por conta da pandemia do novo coronavírus, mas, em breve, serão iniciadas. Na primeira etapa, estão previstas castrações nas seguintes cidades: Arapongas, Centenário do Sul, Conselheiro Mairinck, Curiúva, Imbaú, Ângulo, Nova América da Colina, Porecatu, Prado Ferreira e Rolândia”, disse o deputado Cobra Repórter.

O deputado lembra ainda que, devido a este período difícil de pandemia e de distanciamento social, muitos cães, gatos e outros animais domésticos foram abandonados por falta de condições financeiras de famílias que estão sofrendo pelos efeitos do coronavírus. “Esses animais estão sujeitos a muitas doenças. Se a gente tem um animal castrado, a tendência é diminuir a população de rua e reduzir a incidência de zoonoses consequentemente”, destacou o vice-líder do Governo.

O deputado Cobra Repórter está buscando recursos, junto ao Governo do Estado, para que o Paraná tenha o maior programa de castração de animais abandonados do Brasil! Vale destacar que Cobra Repórter é autor da Lei Estadual nº 19.472/2018 que instituiu o Julho Dourado. O objetivo é realizar ações e motivar a população para que reflita sobre o bem-estar dos animais de rua e animais domésticos de estimação (pets) e a importância da prevenção de zoonoses.

Programa Permanente De Esterilização

A secretaria estadual de Desenvolvimento Sustentável e Turismo está realizando castrações de animais domésticos através do Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos. O objetivo do Governo do Estado é auxiliar prefeitos na contenção do aumento populacional de animais domésticos, nas ruas de cidades do interior do Paraná e oferecer oportunidade para que a população de baixa renda esterilize seus cães e gatos, gratuitamente.

A castração evita as ninhadas indesejáveis, mais suscetíveis ao abandono, e a proliferação de zoonoses. Com o Programa, a secretaria promove a integração da saúde humana e do animal ao meio ambiente, conhecido como Sistema de Saúde Única. “Trata-se da efetivação de políticas públicas de resultados imediatos”, disse o secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios