Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Tercilio Turini (CDN) pediu ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER/Paraná) que tome medidas de punição à concessionária Econorte/Triunfo pela tentativa de fechar o retorno na rodovia BR-369, no sentido Jataizinho-Cornélio Procópio, antes de se chegar à praça de pedágio. “O poder público tem obrigação de agir com rigor para impedir essa arbitrariedade da concessionária, que precisa ser punida. É inconcebível a tentativa de restringir o direito de ir e vir do cidadão”, destacou o deputado em pronunciamento nesta terça-feira na sessão da Assembleia Legislativa do Paraná.

Tercilio encaminhou ofício à Secretaria de Infraestrutura e Logística do Estado e ao DER, cobrando providências urgentes. “O retorno está ali na rodovia há quase 23 anos, é utilizado para acesso a restaurantes, propriedades rurais, chácaras, loteamentos e outras atividades no município de Jataizinho. É um crime fechá-lo para cobrar pedágio duas vezes. Um para passar pela praça e depois outra tarifa para retornar”, diz o deputado. “São quase 50 reais”, acrescenta, calculando-se R$ 24,60 por trecho para automóvel.

O fechamento do retorno só não foi feito na segunda-feira, 14, porque um grupo de pessoas se mobilizou e impediu a tentativa da Econorte/Triunfo de colocar blocos de concreto. “É uma falta de respeito, a população do Norte do Paraná está indignada. Se não forem tomadas medidas urgentes para punir a concessionária e evitar que tente novas ações arbitrárias, a revolta vai aumentar”, alertou o deputado.

ALEP

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.