Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Tercilio Turini (CDN) pediu ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER/Paraná) que tome medidas de punição à concessionária Econorte/Triunfo pela tentativa de fechar o retorno na rodovia BR-369, no sentido Jataizinho-Cornélio Procópio, antes de se chegar à praça de pedágio. “O poder público tem obrigação de agir com rigor para impedir essa arbitrariedade da concessionária, que precisa ser punida. É inconcebível a tentativa de restringir o direito de ir e vir do cidadão”, destacou o deputado em pronunciamento nesta terça-feira na sessão da Assembleia Legislativa do Paraná.

Tercilio encaminhou ofício à Secretaria de Infraestrutura e Logística do Estado e ao DER, cobrando providências urgentes. “O retorno está ali na rodovia há quase 23 anos, é utilizado para acesso a restaurantes, propriedades rurais, chácaras, loteamentos e outras atividades no município de Jataizinho. É um crime fechá-lo para cobrar pedágio duas vezes. Um para passar pela praça e depois outra tarifa para retornar”, diz o deputado. “São quase 50 reais”, acrescenta, calculando-se R$ 24,60 por trecho para automóvel.

O fechamento do retorno só não foi feito na segunda-feira, 14, porque um grupo de pessoas se mobilizou e impediu a tentativa da Econorte/Triunfo de colocar blocos de concreto. “É uma falta de respeito, a população do Norte do Paraná está indignada. Se não forem tomadas medidas urgentes para punir a concessionária e evitar que tente novas ações arbitrárias, a revolta vai aumentar”, alertou o deputado.

ALEP

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios