Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O grande desafio que o Governo do Estado e os municípios têm é a superação da crise econômica que atinge o país. A declaração foi feita pelo governador Beto Richa aos prefeitos da Amunop (Associação dos Municípios do Norte do Paraná) e da Cisnop (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte do Paraná), durante encontro na noite de terça-feira (17), em Cornélio Procópio. O governador participou da posse dos novos dirigentes das duas entidades, para o biênio 2017-2018.

“A crise sem precedentes faz com que as arrecadações caiam, dificultando o dever dos gestores públicos de cumprir com sua obrigação de prover as necessidades da população. Hoje temos a melhor situação financeira e fiscal do Brasil para continuar garantindo investimentos aos municípios”, disse Richa.

Ele reafirmou o compromisso com os municípios paranaenses. O prefeito de Cornélio Procópio, Amin Hannouche, assumiu a presidência da Amumop. O prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos, foi empossado como presidente da Cisnop. O evento contou com a presença de 22 prefeitos da região.

“Nosso governo tem caráter municipalista, que tem acolhido e apoiado as prefeituras de forma decisiva, com bastante recursos e investimentos”, afirmou o governador, ao lembrar do repasse de recursos feito na segunda-feira no Palácio Iguaçu, em Curitiba. “Liberamos R$ 430 mi em cota extra de ICMS para todos os municípios, além de outros investimentos em diversas áreas da administração”, completou.

MAIS FORTES - Richa destacou, também, que o ajuste fiscal feito no Estado em 2014 permitiu o repasse de recursos aos municípios. “Estamos aqui para garantir municípios mais fortes, fazendo investimentos em uma gestão responsável que nos permite estar em todo o Estado anunciando investimentos e grandes obras”, disse.

Segundo Amin Hannouche, os municípios da região têm dificuldades em comum que vão ser trabalhadas pela associação. Ele destacou que a grande frente de trabalho da Amunop é a concretização da construção do Hospital Regional. 

“Temos a certeza que o Governo do Estado vai nos ajudar neste ponto”, disse. “O governador já demonstrou que ajuda os prefeitos e faz uma gestão municipalista”. 

Ele disse que todos os 22 municípios da região receberam o recurso extra do ICMS, foram recepcionados pelo governador e saíram com um cheque para aplicar em qualquer área que julgarem mais pertinente. 

PARCERIAS - O presidente da Cisnop, Edimar Santos, afirmou que existem três desafios para resolver. “Vamos retomar as parcerias e o diálogo, ampliando o número de consultas. Também queremos mudar a sede do Samu e trocar as ambulâncias”, disse. Segundo Santos, o ajuste fiscal feito pelo governo tem proporcionado recursos aos municípios do Paraná. “O ajuste feito tem aberto caminhos para o desenvolvimento do Estado. O Governo já anunciou R$ 1 mi para a reforma e a estruturação da sede administrativa do Consórcio”, afirmou. 

De acordo com ele, essa ação amplia o programa Mãe Paranaense e garante o Serviço de Reabilitação do Paraná, para melhor atender quem tem dificuldade de locomoção.

AMUNOP - A Associação Dos Municípios Do Norte Do Paraná (Amunop), fundada em 1994, integra 22 municípios e tem como sede a cidade de Cornélio Procópio, por ser a mais expressiva (tanto em PIB, população e infra-estrutura).

A região tem características de homogeneidade, pois os municípios têm em comum clima, vocação agropecuária e industrial. Também tem características de pólos, pois suas relações são conhecidas e interdependentes. Por fim, constitui uma região piloto, pois atende o quesito de planejamento administrativo e tomadas de decisões governamentais.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios