Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

As cinco unidades próprias da rede municipal de ensino de Tamarana deram início ao ano letivo de 2020 na quarta-feira (05). E com novidades. Uma delas é a contratação de novos professores. O prefeito Beto Siena e a secretária de Educação, Cultura e Esportes do município, Maisa Nakata, deram posse a cinco profissionais na última segunda-feira (03). Eles foram aprovados no concurso público realizado em 2019 e somam-se aos cerca de 97 professores que já atuam na rede.

Três desses educadores foram para a Escola Rural Municipal Enes Barbosa (um deles, inclusive, é de Educação Física), uma teve como destino a Escola Municipal Professora Taeko Lima Almeida e a outra profissional passou a fazer parte da equipe de docentes do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Criança Esperança. Esta é a segunda nomeação de professores aprovados no certame do último ano. A primeira ocorreu em novembro de 2019.

Ônibus escolar no São Roque

Outra novidade do ano letivo é a implantação de uma linha escolar para atender os estudantes do Conjunto Residencial São Roque. A região era a única da área urbana pela qual o serviço não passava. Desde quarta-feira, o ônibus já tem transportado os alunos do município e do estado nos períodos matutino e vespertino.

O embarque e desembarque é feito exclusivamente nas paradas instaladas nas ruas Antonio Batista Lanza, Ilson Mariano, Adaílson Pereira Ramos e Oswaldo Mantovan. A reivindicação para que o transporte escolar passasse pelo São Roque foi formalizada à prefeitura através de indicação do vereador Tega Fabiano.

Alerta sobre dengue

Professores e demais servidores da Educação local ainda participaram de prática pedagógica na segunda-feira. Durante a ocasião, o grupo foi alertado pelo próprio prefeito Beto Siena e pelo diretor de Ação em Saúde do município, Leandro Feronato, sobre a grave situação de infestação de mosquitos da dengue em Tamarana. Os gestores pediram aos educadores que levem o importante recado para os 1.070 estudantes da rede municipal.

Conforme levantamento feito em janeiro pelo setor de Combate a Endemias, existem focos do Aedes aegypti em ao menos 11 de cada 100 imóveis da cidade. Além disso, confirmou-se nesta quinta-feira (06) mais um caso de dengue. Trata-se de um morador da região central. Ele se soma a mais três tamaranenses do Jardim Esperança que tiveram a doença confirmada nesta semana. Ainda há mais de 50 casos suspeitos que aguardam o resultado de exames da Secretaria da Saúde do Paraná.

NCPMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios