Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Prefeitos de Apucarana, Cambé e Ibiporã apresentam ações no Webinar das Cidades Digitais da Região de Londrina. Especialista da UEL traz dicas para elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação para cidades inteligentes

Investir em governos cada vez mais digitais tem sido uma demanda crescente no setor público para melhorar o acesso aos serviços prestados à população. Nesta terça-feira (27), os prefeitos de Apucarana, Junior da Femac, de Cambé, Conrado Scheller, e de Ibiporã, José Maria Ferreira, compartilham as experiências tecnológicas dos municípios em evento online promovido pela Rede Cidade Digital (RCD), às 10 horas.

O diretor de Ciência e Tecnologia da CODEL (Instituto de Desenvolvimento de Londrina), Roberto Moreira, também apresenta as inovações da Prefeitura no Webinar das Cidades Digitais da Região de Londrina, que trata de soluções para transformação digital e como a pandemia tem acelerado o investimento nas Tecnologias da Informação e Comunicação. “O objetivo é trazer o máximo de conhecimentos e informações que possam contribuir com o planejamento das Prefeituras”, resume o diretor da RCD, José Marinho.

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, destaca a disponibilização de serviços online que permitam ao cidadão resolver demandas sem sair de casa. “Isso contribui na celeridade e eficiência em benefício dos contribuintes. A tecnologia também garante transparência total em relação a todos os atos da gestão”, comentou o prefeito.

Cambé também se prepara para dar um salto de inovação rumo à cidade inteligente. O prefeito Conrado Scheller ressalta a importância da elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) em parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL). “Para se inovar primeiro é preciso diagnosticar quais são as necessidades da sua cidade. Foi por isso que fizemos uma parceria com a UEL para entender quais as necessidades das secretarias”, explicou o prefeito.

“Ao final desse estudo, aí sim, nós debruçamos e vamos buscar a inovação para cada secretaria poder dar ao contribuinte, ao cidadão, uma forma de resposta mais rápida, uma comunicação mais ágil com o cidadão. São diversas ações que podemos fazer de forma integrada que se traduz na inovação que nós buscamos todos os dias”, completou Conrado Scheller, citando soluções e aplicativos.

PDTI

Dicas de como elaborar o documento também serão apresentadas no evento pelo Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros, do Departamento de Computação da UEL. Segundo ele, o PDTI é importante para direcionar a estratégia de modernização de uma Prefeitura e um dos passos fundamentais para tornar as localidades mais conectadas e inteligentes. “O PDTI serve para diagnosticar e planejar a gestão dos recursos e processos de TI para que a gente vise atender às necessidades que os administradores públicos vão pretender em determinado período e que isso seja feito de maneira eficiente, que efetivamente traga benefícios para a sociedade como um todo”, explica.

As inscrições para o Webinar das Cidades Digitais da Região de Londrina são gratuitas para servidores públicos e representantes de entidades/universidades e devem ser feitas pelo http://sympla.com.br/rcd. O evento tem a parceria da S. Clara Comunicação, ClipEscola, Sigma Telecom, Furukawa e IPM Sistemas.

Inscrições gratuitas para servidores públicos, entidades e universidades pelo https://www.sympla.com.br/rcd

Asimp/Rede Cidade Digital

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.