Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os serviços de iluminação pública no perímetro urbano de Jacarezinho tiveram uma melhora sensível no último mês, quando começaram a ser mantidos por uma nova empresa contratada pelo Município. A contratação foi feita por um período de 60 dias, até que nova licitação escolha uma empresa em definitivo.

Para o secretário municipal de Conservação Urbana, Fabiano Possetti Neia, em um mês, ou cerca de 25 dias de trabalho, a empresa substituiu cerca de 400 lâmpadas queimadas ou quebradas, 205 reatores e mais de 160 relês fotovoltaicos danificados. “É um serviço meticuloso, pois muitas vezes é preciso descobrir o defeito. Um reator pode estar queimado, um relê danificado, ou um fio rompido. Então não é apenas a troca da lâmpada, mas todos os reparos necessários para o bom funcionamento do serviço”, esclarece Fabiano.

Uma das queixas dos eletricistas é que encontram fios cortados, denotando que houve a intenção deliberada em provocar o dano e deixar a população às escuras. O secretário explica ainda que “além disso, ocorre de soquetes estarem danificados e necessitarem de substituição, bem como as próprias luminárias necessitarem ser trocadas. Por isso demora um pouco para que a situação se normalize, e pedimos um pouquinho mais de paciência aos moradores, estamos quase lá”.

Praticamente todos os bairros receberam algum tipo de reparo ou manutenção nesse período, e ainda faltam ser atendidos a Vila Leão, Parque dos Mirantes, Vila Nossa Senhora das Graças, Jardim Marina e Jardim Paraíso. “Estamos procurando acudir a todos, e vamos regularizar esses serviços dentro de 30 a 60 dias, aproximadamente”, prevê o secretário.

A solução definitiva para o problema, segundo o Secretário, é a substituição das lâmpadas atuais, obsoletas, por luminárias LED. “As LED não utilizam reator, clareiam mais, e são individualizadas em cada poste, ou seja, não existe aquele problema de apagar um quarteirão inteiro por causa de uma peça”, exemplifica. O prefeito Marcelo Palhares aguarda análise da Caixa Econômica Federal para um financiamento, no valor aproximado de R$ 4,7 milhões, para substituição de todas as lâmpadas da cidade. “Enquanto esse financiamento não é aprovado, nós estamos trabalhando para melhorar o sistema, inclusive nas praças públicas”, conclui.

Serviço

Reclamações sobre falta de iluminação devem ser dirigidas à Secretaria Municipal de Conservação Urbana, pelo telefone 39113102, ou pelo site da Prefeitura. No link https://bit.ly/3wMfkUA clique em “Abrir novo chamado” e preencha com seus dados. Lembre-se de anotar o endereço e, se possível, o número do poste apagado.

(blogdomarcosjunior.com.br)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.