Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os serviços de iluminação pública no perímetro urbano de Jacarezinho tiveram uma melhora sensível no último mês, quando começaram a ser mantidos por uma nova empresa contratada pelo Município. A contratação foi feita por um período de 60 dias, até que nova licitação escolha uma empresa em definitivo.

Para o secretário municipal de Conservação Urbana, Fabiano Possetti Neia, em um mês, ou cerca de 25 dias de trabalho, a empresa substituiu cerca de 400 lâmpadas queimadas ou quebradas, 205 reatores e mais de 160 relês fotovoltaicos danificados. “É um serviço meticuloso, pois muitas vezes é preciso descobrir o defeito. Um reator pode estar queimado, um relê danificado, ou um fio rompido. Então não é apenas a troca da lâmpada, mas todos os reparos necessários para o bom funcionamento do serviço”, esclarece Fabiano.

Uma das queixas dos eletricistas é que encontram fios cortados, denotando que houve a intenção deliberada em provocar o dano e deixar a população às escuras. O secretário explica ainda que “além disso, ocorre de soquetes estarem danificados e necessitarem de substituição, bem como as próprias luminárias necessitarem ser trocadas. Por isso demora um pouco para que a situação se normalize, e pedimos um pouquinho mais de paciência aos moradores, estamos quase lá”.

Praticamente todos os bairros receberam algum tipo de reparo ou manutenção nesse período, e ainda faltam ser atendidos a Vila Leão, Parque dos Mirantes, Vila Nossa Senhora das Graças, Jardim Marina e Jardim Paraíso. “Estamos procurando acudir a todos, e vamos regularizar esses serviços dentro de 30 a 60 dias, aproximadamente”, prevê o secretário.

A solução definitiva para o problema, segundo o Secretário, é a substituição das lâmpadas atuais, obsoletas, por luminárias LED. “As LED não utilizam reator, clareiam mais, e são individualizadas em cada poste, ou seja, não existe aquele problema de apagar um quarteirão inteiro por causa de uma peça”, exemplifica. O prefeito Marcelo Palhares aguarda análise da Caixa Econômica Federal para um financiamento, no valor aproximado de R$ 4,7 milhões, para substituição de todas as lâmpadas da cidade. “Enquanto esse financiamento não é aprovado, nós estamos trabalhando para melhorar o sistema, inclusive nas praças públicas”, conclui.

Serviço

Reclamações sobre falta de iluminação devem ser dirigidas à Secretaria Municipal de Conservação Urbana, pelo telefone 39113102, ou pelo site da Prefeitura. No link https://bit.ly/3wMfkUA clique em “Abrir novo chamado” e preencha com seus dados. Lembre-se de anotar o endereço e, se possível, o número do poste apagado.

(blogdomarcosjunior.com.br)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios