Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A 3ª Vara Criminal de Londrina, no Norte-Central do estado, condenou a 30 anos, 10 meses e 21 dias um chefe do tráfico de drogas na cidade, além de outros dois réus denunciados pelo Ministério Público do Paraná. Os condenados estão entre os alvos da Operação Sicário, deflagrada em julho de 2019 para coibir organização criminosa que atua a partir de presídios em diversos municípios do Paraná, especialmente no Norte paranaense, e em outros estados.

A operação que gerou as denúncias foi realizada em regime de força-tarefa pela unidade de Londrina do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPPR, a 16ª Promotoria de Justiça da comarca e a Polícia Militar. O principal réu chefiava o tráfico em uma região de Londrina e foi condenado pelos crimes de organização criminosa, associação para o tráfico e tráfico. Outras duas pessoas que pertenciam à associação foram condenadas a penas de 5 anos e 10 meses e 5 anos de reclusão.

Asimp/MPPR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.