Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Startup londrinense Anjos.co conecta entidades socioassistenciais, fornecedores e interessados em fazer doações on-line

Foi ontem (13) o lançamento oficial da plataforma digital Anjos.co. A startup londrinense conecta doadores, entidades socioassistenciais e fornecedores, viabilizando e estimulando a captação de doações.

A iniciativa surgiu em junho deste ano, durante evento de inovação e empreendedorismo realizado em Londrina. A intenção dos fundadores do portal www.anjos.co é que a população tenha um local confiável onde encontre entidades socioassistenciais e os produtos de que elas necessitem.

Desta forma, os cidadãos que desejam doar algo para as entidades sem fins lucrativos podem acessar o site e adquirir os produtos via online. Todos serão entregues diretamente às instituições beneficiadas.

Para Kireeff, é importante incentivar a iniciativa londrinense, que está dentro da política de desenvolvimento econômico do Município e segue a orientação junto as entidades beneficentes que prestam serviço complementar aos serviços de assistência social de Londrina. “Nós acompanhamos e estimulamos essa aproximação de uma startap londrinense, porque eles estão criando uma solução moderna, atualizada e tecnologicamente eficiente para que as pessoas, que tenham interesse em doar, o façam de maneira objetiva, colaborando com aquilo que realmente está faltando na entidade”, explicou.

Pelo site, supermercados e empresas colocam produtos à venda, conforme a demanda e necessidade das organizações sem fins lucrativos. O doador acessa a plataforma, realiza a compra e escolhe a entidade para qual o produto será entregue. O procedimento é seguro e o doador recebe notificações de cada etapa do processo.

O engenheiro da computação e cofundador da Anjos.co, Valmir Manfrim Gonçalves Junior, contou que a iniciativa surgiu da inquietação dos fundadores com a situação de vulnerabilidade social pela qual passam diversas pessoas em Londrina. A partir disso, pensaram em desenvolver uma forma de ajudar essas pessoas e as entidades que as auxiliam.
Gonçalves Junior explicou que o objetivo foi facilitar o processo de doação por meio de uma plataforma simples, onde a pessoa pode ajudar mais de uma instituição na mesma doação e, para quem doa, funciona como um e-commerce normal, em que ela será direcionada para a página de pagamento e o produto vai direto para instituição que se está ajudando.

Cadastrados - Até o momento, cinco entidades estão cadastradas no portal: Associação Mãos Estendidas, Núcleo Social Evangélico de Londrina (Nuselon), Casa do Bom Samaritano, Cáritas Arquidiocesana de Londrina e Escola Profissional e Social do Menor de Londrina (Epesmel). Todas realizam trabalhos socioassistenciais em áreas diversas, como cultura, saúde e educação.

Para participar, as entidades devem estar registradas nos conselhos municipais devidos e com a documentação em dia. “A Anjos está começando pequena, com apenas cinco entidades, mas tem potencial para crescer porque em Londrina há mais de 100 instituições que poderão ser beneficiadas. Um dos critérios de escolha é que as instituições sejam sérias e com registro nos conselhos, credenciando a entidade para estar na plataforma. O impacto disso é muito importante, porque as doações vão ajudar na manutenção dos serviços às crianças, aos idosos e pessoas em situação de vulnerabilidade social”, explicou a secretária municipal de Assistência Social, Telcia Lamônica de Oliveira.

O critério de seleção é uma medida para garantir a idoneidade da entidade que irá receber as doações, já que os próprios conselhos são responsáveis por fiscalizar e monitorar as ações que elas desenvolvem.

A partir do primeiro mês de funcionamento do Anjos.co, será cobrado um valor simbólico para cobrir os custos da entrega. Ao acessar o site, o doador pode verificar qual item a instituição escolhida possui mais necessidade. As demandas informam qual a quantidade necessária para atender a instituição. A partir do momento em que a entidade receber o total de itens que precisa, essa opção é retirada do portal, e só retorna quando houver nova demanda. A intenção é que todas possam ser atendidas igualmente.

A solenidade foi o primeiro evento realizado no Auditório da Prefeitura de Londrina, espaço instituído pela modernização do prédio administrativo. Também compareceram representantes de ONGs registradas na plataforma.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios