Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria de Saúde promoveu a 1º reunião de 2020 do Comitê Intersetorial de Combate à Dengue. O encontro ocorreu na Unidade Básica Central, na Rua Alzira Tiburski, 102.

Na ocasião, o Diretor de Vigilância em Saúde Rafael Dias detalhou as ações e os números de combate ao aedes aegypti. De agosto de 2019 a 30 de janeiro de 2020, Rolândia registrou 33 casos de dengue, sendo 32 autóctones e 1 importado.

O primeiro Índice de Infestação Predial do Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), do ano, ocorrido no município de Rolândia entre os dias 20 e 23 de janeiro de 2020, apontou o índice de 5,1%, aumento de 3,8 pontos percentuais em relação ao LIRAa anterior, realizado em outubro de 2019.

Este resultado coloca o município de Rolândia em uma situação de alto risco segundo parâmetros da Organização Mundial da Saúde, que preconiza um índice de até 1% como aceitável. Contudo, de 27 regiões da cidade, 14 estão com índices altíssimos e se encontram em “risco de epidemia de dengue” - conforme o resultado do LIRAa:

Los Angeles – 23% (região do jardim Roland)

Campo Belo – 17%

Costa do Sol – 14%

São Fernando – 11%

Em contrapartida, as regiões do Horácio Cabral, Kartódromo, Big Frango, Vale Verde, Capricórnio, Cidade Nova, Rodoviária, Reciclagem e Cemitério registram 0% de resultado no LIRAa – o que é o adequado no enfrentamento ao mosquito aedes aegypti. Os criadouros encontrados com maior frequência durante o LIRAa foram: Vasos e pratinho de plantas (41%); Lixo, sucatas e entulhos (23%) e Depósitos de água da chuva, tais como baldes, tambores e cisternas (19%). Denúncias de possíveis criadouros devem ser feitas diretamente na Vigilância em Saúde pelo fone 3906-1122. Participaram do encontro a Secretária de Saúde Marisa Mendes Ferreira, a Secretária de Planejamento Catarina Schauff Zanetti, a equipe da Secretaria de Saúde e os Vereadores Alex Santana (Presidente da Câmara), João Gaúcho, Reginaldo Silva e Irineu de Paula.

A próxima reunião do Comitê Intersetorial de Combate à Dengue será no fim de fevereiro. O encontro é aberto a todos – no encontro, a população pode participar, opinar e sugerir ações no combate ao aedes.

NCPMR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.