Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria de Saúde promoveu a 1º reunião de 2020 do Comitê Intersetorial de Combate à Dengue. O encontro ocorreu na Unidade Básica Central, na Rua Alzira Tiburski, 102.

Na ocasião, o Diretor de Vigilância em Saúde Rafael Dias detalhou as ações e os números de combate ao aedes aegypti. De agosto de 2019 a 30 de janeiro de 2020, Rolândia registrou 33 casos de dengue, sendo 32 autóctones e 1 importado.

O primeiro Índice de Infestação Predial do Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), do ano, ocorrido no município de Rolândia entre os dias 20 e 23 de janeiro de 2020, apontou o índice de 5,1%, aumento de 3,8 pontos percentuais em relação ao LIRAa anterior, realizado em outubro de 2019.

Este resultado coloca o município de Rolândia em uma situação de alto risco segundo parâmetros da Organização Mundial da Saúde, que preconiza um índice de até 1% como aceitável. Contudo, de 27 regiões da cidade, 14 estão com índices altíssimos e se encontram em “risco de epidemia de dengue” - conforme o resultado do LIRAa:

Los Angeles – 23% (região do jardim Roland)

Campo Belo – 17%

Costa do Sol – 14%

São Fernando – 11%

Em contrapartida, as regiões do Horácio Cabral, Kartódromo, Big Frango, Vale Verde, Capricórnio, Cidade Nova, Rodoviária, Reciclagem e Cemitério registram 0% de resultado no LIRAa – o que é o adequado no enfrentamento ao mosquito aedes aegypti. Os criadouros encontrados com maior frequência durante o LIRAa foram: Vasos e pratinho de plantas (41%); Lixo, sucatas e entulhos (23%) e Depósitos de água da chuva, tais como baldes, tambores e cisternas (19%). Denúncias de possíveis criadouros devem ser feitas diretamente na Vigilância em Saúde pelo fone 3906-1122. Participaram do encontro a Secretária de Saúde Marisa Mendes Ferreira, a Secretária de Planejamento Catarina Schauff Zanetti, a equipe da Secretaria de Saúde e os Vereadores Alex Santana (Presidente da Câmara), João Gaúcho, Reginaldo Silva e Irineu de Paula.

A próxima reunião do Comitê Intersetorial de Combate à Dengue será no fim de fevereiro. O encontro é aberto a todos – no encontro, a população pode participar, opinar e sugerir ações no combate ao aedes.

NCPMR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios