Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Um crime chocou o estado recentemente: a pequena Eduarda foi encontrada morta nos fundos da casa de aluguel de propriedade da família da menina em Rolândia. O pai e a avó estão presos. Eles são suspeitos pelo crime de acordo com a polícia.

Pelo fim à violência contra nossas crianças, o presidente da Comissão que Defende os Direitos da Criança, Adolescente, Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai), o Deputado Estadual Cobra Repórter, organizou uma caminhada pela Paz neste sábado, dia 4.

A saída será da Praça Castelo Branco, às 9 horas da manhã, até a Igreja Matriz São José com a bênção de padres e pastores. A organização pede que todos compareçam vestidos de branco, simbolizando a paz que Rolândia tanto precisa!

E, neste feriado de 1º de maio, amigos e colegas de escola de Eduarda Shigematsu lotaram a igreja São Paulo Apóstolo, em Rolândia, para a missa de sétimo dia de morte da menina. A celebração é uma homenagem à garota, que morreu após ser esganada.

Eduarda desapareceu no dia 24 de abril e a avó fez um Boletim de Ocorrência sobre o desaparecimento um dia depois. Conforme o BO, a garota chegou em casa da escola, deixou a mochila e depois desapareceu.

No domingo (28), o corpo da menina foi encontrado enterrado nos fundos de uma casa que é do pai de Eduarda, Ricardo Seidi. Ele foi preso pela Polícia Civil após confessar que enterrou a filha. Disse que tomou essa atitude depois de encontrar a menina enforcada.

Terezinha de Jesus Guinaia, a avó da criança, foi presa nesta terça-feira (30) pela participação na morte e ocultação do cadáver da neta, Eduarda Shigematsu. Ela deve permanecer na prisão por 30 dias. O crime foi cometido pelo pai da menina, Ricardo Seidi Shigematsu, e segundo as investigações a avó não só sabia do crime, como ajudou. O delegado da cidade, Bruno Rocha, afirmou que a avó negou envolvimento no caso.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios