Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Outras Cidades 18/12/2017  09h30

Prefeito autoriza pavimentação da estrada de Guairacá

Um desejo de muitos anos dos moradores da zona rural será concretizado pelo prefeito Marcelo Belinati

Na última sexta-feira (15), o prefeito Marcelo Belinati, assinou um convênio com a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (SEAB) para a pavimentação de pedras no Distrito de Guairacá. A obra, esperada há anos pelos moradores da zona rural, deve começar a ser realizada em março de 2018.

A pavimentação com pedras irregulares englobará um trecho de 6,38 quilômetros, que será feita na Rodovia Gustavo Avelino Correia (Estrada de Guairacá), compreendendo ponte do Ribeirão Guairacá até o Patrimônio. Toda a extensão será pavimentada em pedras poliédricas.

De acordo com o prefeito, a assinatura do convênio não seria possível sem o esforço do deputado estadual, Tiago Amaral e dos vereadores Estevão da Zona Sul e o Mário Takahashi. Segundo ele, a pavimentação daquela estrada na zona rural é um sonho de muitos anos e, segundo ele, apesar de haver um número relativamente pequeno de moradores, a Prefeitura de Londrina deve cuidar bem de todos. “É um sonho antigo da comunidade de Guairacá. É uma obra grandiosa, talvez a maior da história da zona rural de Londrina, que mostra bem a visão dessa administração, que é cuidar da cidade como um todo. É um sonho que se realiza e que vai beneficiar muito toda a população de Guairacá e do entorno”, ressaltou.

Para possibilitar essa melhoria na zona rural, a Prefeitura de Londrina está investindo R$ 1.802.936,94 e o governo do Paraná R$ 1.5 milhão, o que totaliza 3.302.936,64. O valor do repasse da SEAB será dividido em seis parcelas. Toda a obra e o repasse dos pagamentos deverá constar em prestações de contas do Município ao Tribunal de Contas do Paraná.

O deputado federal, Tiago Amaral, que também participou da assinatura do convênio, destacou que a pavimentação da Estrada de Guairacá é de extrema importância, visto que aquela é uma área bastante produtiva, além dos moradores que vivem no campo necessitarem diariamente trafegar pela estrada para escoar a safra, para realizar atendimentos em saúde, transporte até as escolas, entre outras razões.

Além disso, em períodos chuvosos, devido à qualidade da estrutura da estrada atual, a sua utilização fica prejudicada, dificultando o acesso dos moradores e produtores rurais à cidade. “Essa estrada, entre as da zona rural, é uma das mais importantes, por isso a nossa grande preocupação. Foi uma grande luta. Foram diversas reuniões que fizemos para encontrarmos o melhor caminho. Conseguimos garantir o recurso que está totalmente escasso em todas as estruturas públicas e hoje foi a conclusão dessa confirmação com a assinatura do convênio para garantir que a obra vai acontecer”, frisou o deputado estadual.

O documento da assinatura do convênio será publicado em Diário Oficial. A partir desta publicação será feito o repasse do governo estadual referente à primeira das seis parcelas. Assim, dentre o prazo de 30 dias a Prefeitura deve iniciar o processo de licitação para contratar a empresa que fará a obra de terraplanagem, preparo e colocação das pedras irregulares. O trâmite para o processo licitatório deve levar cerca de 90 dias, ou seja, ser finalizado no final de março de 2018.

O gestor do convênio pela SEAB, Antônio Carlos Barreto, explicou que o projeto das obras a serem feitas foi elaborado pelos técnicos das secretarias municipais de Agricultura e Abastecimento e Obras e Pavimentação. Já o governo do Estado, por meio da SEAB, auxilia com o repasse de recursos financeiros. “É um convênio que vai viabilizar todo um trânsito do distrito de Guairacá até a cidade. Vai ajudar o transporte escolar a se tornar mais ágil, em épocas de chuva não vai ter problemas de deslocamento e, além disso, os 2 mil moradores do distrito, os outros 1.500 residentes dos assentamentos Eli Vive I, II e III e os proprietários rurais não vão mais precisar se preocupar com isso. É uma forma de colocarmos o distrito em contato com a cidade”, salientou.

Histórico - O vice-prefeito e secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, João Mendonça, explicou que havia outro convênio anterior a este assinado hoje, mas que por diversos fatores, nos últimos anos, ele não pôde ser executado, chegando ao seu fim antes da conclusão das obras de pavimentação da estrada de Guairacá. “Nós tínhamos outro convênio assinado na gestão anterior, em 2013, que passou por várias dificuldades por conta do que foi assumido, sofrendo paralisações e vencimentos de renovações. Agora, elaboramos um novo convênio com um novo formato e uma nova proposta”, contou.  

O deputado Tiago Amaral, lembrou que a Prefeitura teria que, inclusive, devolver recursos em função da não conclusão das obras, mas graças aos esforços conjuntos, encontrou-se um novo caminho para o encerramento do convênio anterior e a garantia dos recursos financeiros para a execução de um serviço melhorado e ampliado. 
A reunião para a assinatura do convênio contou ainda com a presença da fiscal do convênio pela SEAB, Lorian Voigt Gair;do vereador Estevão da Zona Sul e do engenheiro agrônomo da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, Guilherme Casanova Júnior.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios