Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou na segunda-feira, 29, requerimento de votos de congratulações, proposto pelo deputado Romanelli (PSB), ao prefeito de Carlópolis, Hiroshi Kubo (PSDB), vencedor do Prêmio “Sebrae Prefeito Empreendedor”. Kubo venceu na categoria “pequenos negócios no campo” com o programa “Carlópolis Cooperativo”. "O programa incentivou a criação de associações e cooperativas e permitiu aos produtores de Carlópolis maior competitividade no mercado nacional e internacional, com o consequente fortalecimento, organizados e com maior independência em relação ao poder público", disse Romanelli no requerimento.

O programa, realizado em parceria com o Sebrae, trouxe qualidade na produção local. "Carlópolis é formada, basicamente, por pequenos produtores de café, frutas e pecuária de leite e o apoio à formação de associações e cooperativas deu condições aos produtores da cidade de competir no mesmo nível das grandes empresas".

Independência

Ao todo, 133 projetos foram inscritos e 41 deles, de 36 prefeituras, chegaram à final em Curitiba no dia 22 de abril. Oito, entre eles o de Carlópolis, foram premiados na etapa estadual. Os vencedores participarão, em junho, da fase nacional em Brasília. "O projeto de Carlópolis foi reconhecido pela criação de um fórum de desenvolvimento local com atuação nos eixos de tecnologia, inovação, associativismo, empreendedorismo e mercado, com foco em pequenos negócios rurais".

Na avaliação do próprio Sebrae, se não for pelo cooperativismo, os pequenos produtores não consegue vencer a barreira da concorrência. A prefeitura também ajuda com recursos para compra e cessão de máquinas agrícolas através de convênios com o Sebrae para capacitações. "O apoio tem gerado bons resultados, pois, com o fortalecimento do associativismo, os produtores de Carlópolis já conseguem competir no mercado nacional e internacional", reafirma Romanelli.

Conhecida por ser uma cidade muito dinâmica, Carlópolis possui uma diversificação de produtos e consegue aliar monoculturas do café com a produção de frutas, legumes e verduras. "Graças ao fortalecimento dos pequenos produtores, organizados em associações e cooperativas, essa dependência do poder público vem diminuindo cada vez mais", completa.

(paranainformacoes)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios