Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Usuários podem negociar suas dívidas com empresas de telefonia até o dia 4 de novembro; cerca de 250 pessoas já foram atendidas

O Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-LD) estendeu o prazo do “Mutirão de Superendividamento de Telefonia”, iniciativa que permite que os cidadãos negociem suas dívidas com serviços de telefonia, até dia 4 de novembro.O projeto é realizado em parceria com o Ministério Público de Defesa do Consumidor.

Entre os dias 24 e 26 de outubro, foram atendidos 250 consumidores no Procon-LD, com um total de 212 acordos celebrados. Os cidadãos puderam resolver suas pendências com as empresas de telefonia TIM, Claro/NET, Vivo/GVT e Sercomtel.

Durante o mutirão, o consumidor tem a chance de resolver seus débitos e pendências com as empresas, que oferecem melhores condições de negociação e acordo em relação ao que normalmente é disponibilizado. Isso inclui o parcelamento estendido e a redução de juros. A quantidade de desconto, o prazo em aberto do débito e o tempo de pagamento da dívida dependerão do produto envolvido, se telefonia móvel, fixa, internet ou torpedos, por exemplo, assim como das necessidades de cada consumidor.

O Procon-LD segue realizando os atendimentos diariamente, das 9 às 17 horas, na sede do órgão, que fica na Rua Mato Grosso, 299. Na sexta-feira (28), não haverá atendimento devido ao feriado do Dia do Servidor Público.

No dia 4 de novembro, às 9 horas, o Procon-LD realiza uma reunião com representantes das instituições financeiras e com o Ministério Público. O objetivo é dar continuidade ao Projeto de Superendividamento, agora envolvendo a negociação de dívidas com os bancos. A previsão é de que o mutirão para essa categoria de atendimento ocorra na primeira semana de dezembro.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios