Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Cidade recebeu a visita de representantes do segmento de hotelaria, que conferiram in loco o potencial produtivo da região e estreitaram o relacionamento com os fabricantes locais

Quinze empresas do polo moveleiro de Arapongas, no Norte do Paraná, participaram, na última terça-feira, dia 29, do Seminário de Oportunidades de Mercado realizado no escritório do Sebrae e, em seguida, de uma rodada de negócios com representantes da Associação Brasileira dos Compradores de Hotéis e de Restaurantes (Abracohr) e do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Aparecida/SP (SinHoRes), que reúnem mais de 70 associados do setor. O objetivo foi estreitar o relacionamento comercial entre os empresários locais e as entidades para ampliar as possibilidades de negócios com o ramo da hotelaria.

No mesmo dia, os potenciais compradores fizeram visitas técnicas às movelarias para conhecerem os produtos, o processo de fabricação, a gestão das empresas e, claro, o potencial produtivo da região. O consultor do Sebrae/PR em Arapongas, Julio Cesar Rodrigues, destacou que o setor hoteleiro continua em franca expansão, apesar da crise econômica, o que traz expectativas de bons negócios. “A intenção é ampliar o faturamento das empresas da cidade a partir da exploração de novos nichos de mercado”, afirmou. A maioria das fábricas, hoje, é voltada apenas para o varejo, segundo o consultor. “Queremos transformar Arapongas em referência na fabricação de móveis corporativos”, disse.

O presidente da Abracohr, Antonio Xavier de Siqueira, ficou bastante impressionado com o potencial produtivo da região e adiantou que levará aos associados as novidades e tendências apresentadas pelas fábricas de Arapongas. “Temos aqui uma gama enorme de produtos que não é conhecida em outros estados. Muitos amigos meus vão viajar para fora do país e participar de feiras de móveis internacionais sendo que temos tudo aqui”, contou. Segundo Siqueira, a expectativa é que até 2020 sejam inaugurados 300 novos hotéis em todo o Brasil. Portanto, a demanda por móveis será muito alta. Ele lembra que, em parceria, a Abracohr e o Sebrae pretendem aproximar as fábricas dos compradores e fomentar a economia local.

Já o presidente do SinHoRes, Mario Colarossi Filho, deixou o Norte do Paraná com a intenção de realizar um evento em Aparecida (SP) para reunir empresários que estão construindo hotéis na cidade e os donos de indústrias de móveis de Arapongas. “Temos uns 30 hotéis em construção em Aparecida hoje”, calculou. Para ele, a visita às empresas do polo moveleiro foi uma grande oportunidade para fazer networking. Esta foi a primeira visita de Colarossi ao município. “Temos que fazer uma divulgação maior do potencial da região”, avaliou.

Para o empresário e proprietário da KAA Brasil, Aristides José Menck, a rodada foi muito importante e deve render bons negócios. “O Sebrae tem feito um excelente trabalho para abrir novos mercados, criar demanda. E quando temos demanda precisamos focar em melhorar a qualidade e o rendimento da produção”, argumentou. A fábrica de Menck já comercializa para o mercado corporativo e oferece móveis para escritórios, restaurantes, hotéis. A dona da Móveis Lachi, Sandra Aparecida Lachi, também fabrica móveis para escritório. “Achei muito interessante essa oportunidade de explorar um novo nicho de mercado”, opinou.

Asimp/Sebrae/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios