Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) reforçou ontem, 6, a importância da instalação de escolas de soldado da Polícia Militar nas cidades de Cornélio Procópio e Jacarezinho e da ampliação das forças de segurança no Norte Pioneiro. O aumento do efetivo ficou mais evidente na madrugada desta terça-feira quando as três agências bancárias de Cambará, na divisa com São Paulo, foram alvos de bandidos, que fizeram dois reféns, causando terror na cidade.

 “Juntos, os Batalhões de Polícia Militar de Cornélio Procópio e Jacarezinho têm um déficit de 209 policiais, isso de acordo com dados do ano passado. É necessário reforçar a segurança nos municípios do Norte Pioneiro, sobretudo naqueles que fazem divisa com São Paulo, para evitar que novos atentados como esse coloquem em risco a segurança e a vida das pessoas”, defendeu. 

Diante da gravidade do crime e da escassez de pessoal para atender de prontidão a ocorrência foi necessário o acionamento da polícia de Ourinhos (SP) e Londrina. As agências no centro da cidade, perto de comércios e residências, ficaram totalmente destruídas, causando transtornos econômicos e sociais e obrigando a população, que necessita dos serviços, a se deslocar para cidades vizinhas. "Minha solidariedade à toda a população de Cambará e ao prefeito Neto Haggi .A cidade foi vítima de uma ação do crime organizado", disse Romanelli.

“Foi uma ação de extrema gravidade e que mostra a necessidade em se manter a incolumidade dos cidadãos cambaraenses. Por isso, solicito com urgência o reforço do policiamento ostensivo no em Cambará e todo o Norte Pioneiro, bem como a agilidade nas investigações, a fim de se elucidar os crimes e trazer novamente a tranquilidade à região”, reforça Romanelli.

Escola da PM

No ano passado, a Assembleia Legislativa aprovou requerimento do deputado que pediu ao comando da Polícia Militar a instalação de Escolas da PM nos dois municípios sede dos batalhões. O pedido foi encaminhado ao secretário Romulo Marinho (Segurança Pública) com cópias ao comandante geral da PM, Péricles de Matos, e aos comandantes dos batalhões da Polícia Militar de Cornélio Procópio e Jacarezinho.

No 18º BPM, em Cornélio Procópio, a defasagem do efetivo é superior a 30% em relação ao previsto, que seria de 396 policiais. O BPM conta com apenas 276 policiais, ou seja, 120 a menos que o necessário. Já em Jacarezinho, no 2º BPM, a defasagem é superior a 20% em relação ao previsto de 442 policiais, com 353 policiais, 89 a menos que o necessário.

Para Romanelli, esta defasagem no efetivo pode causar sobrecarga de trabalho e comprometer a segurança dos moradores. “São duas cidades polos e estratégicas para a segurança do Norte Pioneiro, que precisam desse reforço policial porque atendem a mesorregião formada por 25 cidades”, informa.

No caso de Jacarezinho, que tem déficit de 89 policiais, Romanelli pediu que sejam criadas 80 vagas para novos alunos. Mas a Escola da PM tem capacidade formativa limitada a, no máximo, 70 alunos. Portanto, ainda abaixo do que solicitado pelo deputado. Já no caso de Cornélio Procópio, onde foi solicitada a abertura de 80 vagas para alunos, a Escola da PM tem capacidade para atender ao pedido do deputado, embora o déficit na unidade seja de 120 soldados.

Concurso

Previsto para o primeiro semestre do ano passado, por conta da pandemia, o concurso para contratação de mais de 2,4 mil policiais militares não pôde ser realizado. As provas para o concurso, organizado pela Funpar (Fundação da Universidade Federal do Paraná), estão agendadas para o dia 13 de junho.

ALEP

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios