Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em quatro anos, cidade viu o número de Microempreendedores Individuais (MEI) crescer quase 400%

Criada há quatro anos, a Sala do Empreendedor de Bandeirantes tornou-se referência no Norte Pioneiro. Neste período, a cidade viu o número de Microempreendedores Individuais (MEI) crescer quase 400%. Em 2013, o município contava com aproximadamente 300 MEIs. Até o mês de julho deste ano, o número já era de 1.460. Resultado de um trabalho consistente desenvolvido numa parceria entre a prefeitura e o Sebrae/PR.

A coordenadora da Sala do Empreendedor de Bandeirantes, Maria da Conceição Alves da Silva Cesco, conta que os números positivos se devem ao trabalho de orientação, informação e suporte aos empreendedores locais. Para se ter uma ideia, só no mês passado, a sala realizou 1.156 atendimentos. “Formalizar um pequeno negócio é simples e possível fazer de casa, mas o suporte para que o empreendedor permaneça e cresça no mercado é dado aqui”, argumenta.

O trabalho é feito por meio de consultorias, oficinas e cursos gratuitos promovidos em parceria com o Sebrae/PR. Conceição destaca a importância de a cidade ter um Comitê Gestor da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa atuante, além de outras parcerias importantes firmadas para atender as demandas de diferentes negócios. “Em 2014, por exemplo, desenvolvemos um trabalho com apicultores e promovemos capacitações com apoio do Senar”, cita. Segundo ela, as ações são voltadas para a valorização do empreendedor e desenvolvimento sustentável do município.

O consultor do Sebrae/PR, Odemir Capello, destaca que a Sala do Empreendedor de Bandeirantes é a primeira do Norte Pioneiro a atingir o conceito de avançada na nova parametrização de conceitos de qualidade do Sebrae/PR. Por conta disso, outros municípios da região têm enviado representantes para visitar e se espelhar no modelo de trabalho desenvolvido na cidade. “A Sala do Empreendedor de Bandeirantes, além de possuir a maior quantidade de procedimentos realizados neste ano na região, quase 6 mil, desponta nos indicadores de qualidade”. Segundo ele, a sala tornou-se referência em atendimento ao MEI e já coleciona histórias de empreendedores de sucesso.

É o caso do empresário do ramo do transporte escolar, Sebastião Junior Lage Sartori, que começou na profissão como MEI e hoje já possui uma microempresa. Ele conta que, com o apoio da Sala do Empreendedor, conseguiu participar dos processos de licitação abertos pelo município. “Eles me ajudam com a documentação, a declaração de impostos, é como se fosse um escritório”, conta. O negócio cresceu tanto que, no ano passado, Sartori precisou fazer a transição para o Simples e já planeja contratar outro motorista para dar conta da demanda.

Há menos de um ano atuando no comércio de estofados, o empresário Allyson Guilherme Hansen também contou com o apoio da sala do empreendedor de Bandeirantes para buscar crédito e reestruturar a microempresa, que começou como MEI. Com o crédito aprovado da Fomento Paraná, Hansen e o sócio pretendem trocar o mobiliário do escritório e equipamentos para estruturar a loja. Mas os planos não param por aí. “Estamos estudando abrir um novo ponto”, adianta.

O secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo de Bandeirantes, José Roberto Altizani, destaca a importância da participação do município no programa Cidade Empreendedora do Sebrae/PR. “Não temos muitos recursos, mas já temos um projeto para atender em outro espaço”, conta. Para ele, o sucesso do trabalho se deve ao comprometimento de toda equipe e do apoio dos parceiros. “Fico feliz quando chego a um restaurante e ouço do empresário que ele conseguiu triplicar o faturamento do negócio. É uma felicidade enorme”, comemora. O bom atendimento oferecido pela sala contribuiu para que o trabalho ganhasse credibilidade e a confiança dos empreendedores do município. “Queremos que a cidade cresça”, resume.

Sala do Empreendedor

A Sala do Empreendedor tem como objetivo incentivar a legalização de negócios informais que se enquadrem nos requisitos estabelecidos pela Lei Complementar 123/06, também conhecida como Lei Geral da Micro e Pequena Empresa; facilitar a abertura de novas empresas; regularizar as atividades informais e oferecer serviços aos Microempreendedores Individuais (MEI). O local oferece informações e orientações sobre a abertura, funcionamento e formalização de empresas, de forma simples e facilitada, além de orientação e capacitação para MEI. Em Bandeirantes, a sala está localizada na Rua Frei Rafael Proner, 1547. Telefone: (43) 3542-4525. 

Asimp/Sebrae/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios