Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Tamarana continua a adotar medidas de prevenção contra a pandemia mundial do novo coronavírus. A mais recente ocorreu nesta segunda-feira (06), quando, através do decreto municipal 050/2020 (leia-o aqui: https://bit.ly/decreto0502020prorrogafechamentocomercio), foi prorrogada por mais 07 dias corridos a suspensão do atendimento ao público nos estabelecimentos comerciais que não atuam em segmentos essenciais. Atualmente, a cidade tem 18 casos suspeitos da Covid-19, dos quais 16 são do próprio município. Os dados foram informados pela Secretaria municipal de Saúde na sexta-feira (03).

Antes de o decreto ser publicado, integrantes da Prefeitura de Tamarana tiveram uma reunião com representantes da Associação Comercial e Industrial de Tamarana (Acit), do destacamento da Polícia Militar no município e da Defesa Civil local. Proposto pela própria administração municipal, o encontro aconteceu ontem (06), no gabinete do prefeito Beto Siena.

"O intuito é preservar a vida da população. Estamos tomando as precauções para não aparecer nenhum caso em Tamarana. Temos que, neste momento, esquecer partidos políticos e trabalhar a questão da saúde pública para que a gente atravesse essa fase o mais rápido possível. Agora é hora de ação", afirmou o prefeito, que também pediu à população que "tenha paciência e fique nas casas".

A entrevista completa do prefeito Beto Siena pode ser ouvida na página da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tamarana no SoundCloud: https://soundcloud.com/comunica-tamarana/o-intuito-e-preservar-a-vida-da-populacao-temos-que-esquecer-partidos-politicos

Serviços essenciais mantidos

O decreto 050/2020 mantém o funcionamento das atividades essenciais listadas no decreto 048/2020 (leia-o aqui: https://bit.ly/decreto0482020fechamentocomercio). Entre os estabelecimentos que, tomadas as devidas cautelas, podem seguir a atender os moradores estão as farmácias, supermercados, açougues, padarias e os postos de combustíveis.

A norma editada nesta segunda-feira indica que, se necessário, esses locais utilizem sistemas como a distribuição de senhas para evitar a aglomeração de pessoas. Além disso, há novas restrições quanto ao acesso aos supermercados e existe determinação para que o consumidor não compre produtos em demasia para não prejudicar a comunidade.

Medida segue a região

A prorrogação da suspensão dessas atividades em Tamarana está de acordo com uma recomendação da Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (Amepar). Em reunião na última sexta-feira (03), a entidade se posicionou pela manutenção da medida. Além de Tamarana, a Amepar agrega as prefeituras de outros 21 municípios da região.

Entregas são permitidas

Está mantida a permissão em relação ao serviço de entregas. Ela vale tanto para lanchonetes e restaurantes quanto para os demais lojistas da cidade. A autorização já havia sido detalhada no decreto 048/2020, no parágrafo 3º do artigo 3º

Atendimento na lotérica

A reunião desta segunda-feira também serviu para definir que, a partir desta terça-feira (07), a prefeitura, através da Defesa Civil, irá executar uma ação mais incisiva para evitar a concentração de pessoas no quarteirão onde fica a Lotérica Tamarana.

O trecho passará a ser interditado para o tráfego de veículos para que a rua possa ficar livre para os pedestres que fazem fila para serem atendidos no estabelecimento. O bloqueio será das 8h às 12h, que é o horário em que a lotérica tem funcionado. A quadra a ser fechada para o trânsito é na Rua Arlindo Pereira de Araújo, entre as ruas Josino Pinheiro de Mello e Otacílio Rochedo.

Ainda assim, o público deve continuar a manter distância entre si para evitar uma possível contaminação pela doença. Durante os últimos dias, o próprio estabelecimento tem orientando seus frequentadores quanto a isso. O alerta também já havia sido reforçado por autoridades do município.

Denúncias sobre estabelecimentos abertos

O cidadão que presenciar algum estabelecimento ou atividade que esteja em desacordo com as normas que restringem a circulação de pessoas em Tamarana pode acionar a Defesa Civil do município pelo WhatsApp 9 9804-1640. O decreto 048/2020 prevê suspensão do alvará e multa para quem infringir essas regras.

NC/PMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.