Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Saúde informa números atualizados da dengue e da Covid-19 em Tamarana

A Secretaria municipal de Saúde divulgou ontem (29) um novo boletim informativo sobre a situação da Covid-19 em Tamarana. Os dados foram compilados de 20 de março a 28 de abril de 2020.

De acordo com a pasta, o município registrou 21 notificações de casos suspeitos da doença durante o período, mas, até o momento, não há nenhuma confirmação.

Três desses 21 pacientes se encontravam em condições de saúde mais delicadas e, por isso, foram testados através de exames laboratoriais. Os testes deram negativo.

O ambulatório específico criado pela Saúde para atender usuários com síndromes respiratórias realizou 112 atendimentos de 20 de março a 28 de abril. Desses pacientes, 74 já tiveram alta do isolamento social e outros 29 seguem nessa condição, em constante monitoramento por parte da secretaria. Os demais não residiam em Tamarana, mas também receberam a recomendação para adotar o isolamento social.

A unidade exclusiva para síndromes respiratórias fica na entrada à esquerda do acesso principal do Hospital Municipal São Francisco.

"Os casos que passaram pelo ambulatório de infecções respiratórias foram para o isolamento [domiciliar] – e muitos deles já saíram. Esse número precisa constar no nosso boletim porque as pessoas precisam saber que casos suspeitos existem", esclareceu o diretor municipal de Ação em Saúde, Leandro Feronato.

A Secretaria de Saúde alerta que, apesar de o município ter autorizado a abertura gradual de estabelecimentos de Tamarana a partir da última segunda-feira (27), a população deve continuar a praticar uma série de medidas de prevenção.

Sair de casa apenas quando for necessário (e, ao sair, utilizar máscara que cubra o nariz e a boca, além de manter distância mínima de dois metros de outras pessoas), não frequentar aglomerações e higienizar as mãos frequentemente (de preferência, com água corrente e sabão; se não for possível, com álcool gel 70%) são algumas das atitudes fundamentais contra o novo coronavírus. A recomendação aos grupos de risco (entre eles, idosos e crianças) é que permaneçam em suas residências.

Casos de dengue

A Secretaria municipal de Saúde também informou nesta quarta-feira (29) os números da dengue em Tamarana. Desde que teve início o atual período epidemiológico estadual, em junho de 2019, já são 736 notificações de casos suspeitos, dos quais 109 se confirmaram por meio de exames laboratoriais e análise clínico-epidemiológica. Outros 59 casos acabaram descartados.

A Saúde lembra que, ao menos desde começo do ano, já vinha frisando o alerta aos tamaranenses quanto ao risco de a cidade ter uma série de pessoas com dengue caso não houvesse colaboração coletiva  para combater o problema.

 A pasta destaca que, ao ficar em casa para evitar o novo coronavírus, o morador também deve vasculhar diariamente o seu imóvel em busca de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti. "A dengue é um problema que não pode cair no esquecimento da população", reforçou o diretor de Ação em Saúde.

NC/PMT

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.