Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Por determinação do prefeito José Maria, o SAMAE - Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - está ampliando o serviço de saneamento básico no distrito rural da Taquara do Reino, por meio da construção da rede coletora de esgoto e estação de tratamento. Ao aumentar a abrangência desta atividade, a administração municipal visa preservar o meio ambiente, com a finalidade de prevenir os cidadãos de doenças e consequentemente promover saúde.

Atento à relevância do saneamento básico, o município de Ibiporã já oferece coleta e tratamento de esgoto para toda a área urbana. O Jardim John Kennedy, situado na área rural, já conta com o serviço e agora a Taquara do Reino também será atendida. 

Conforme o prefeito José Maria, Ibiporã é uma cidade diferenciada em relação ao saneamento básico. "Este serviço só é oferecido à 43% da população brasileira. Entretanto, Ibiporã tem a satisfação de oferecer saneamento básico para 100% da população na área urbana e atingir também a área rural, através do Jardim John Kennedy e do distrito da Taquara do Reino. Efetivamente a nossa cidade apresenta diferenciais nessas e muitas outras questões, por isso, devemos nos orgulhar daquilo que temos e da qualidade do saneamento básico que possuímos", afirma o prefeito. 

Para colocar em funcionamento o sistema de coleta e tratamento de esgoto na Taquara do Reino, uma equipe especializada com profissionais do SAMAE, foi disponibilizada exclusivamente para a construção da rede de esgoto. "Estamos trabalhando com equipe própria porque temos disponibilidade e servidores especializados no serviço", afirma o diretor-presidente do SAMAE, Cláudio Buzetti. "É importante ressaltar que a maior parte da mão-de-obra dos serviços públicos é licitada, o que acaba onerando mais o serviço. Com profissionais do próprio SAMAE o valor dessa obra será reduzido satisfatoriamente e com ótimo resultado", acrescenta Buzetti. 

O projeto da rede coletora e estação de tratamento do distrito foi realizado pela empresa Ecosol, após vencer a licitação 01/2013, na modalidade de Concorrência Pública. Os materiais também foram adquiridos, por meio de licitação, na modalidade de Pregão e foi vencido por três empresas - Tigre, Asperbras e Detroit Fundição.

A equipe do SAMAE iniciou as obras de construção da rede de esgoto na Taquara do Reino há 10 dias e já concluiu cerca de 600m. No total, a rede contará com 6000 m de extensão. A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Taquara do Reino será construída em uma área que está sendo adquirida pela administração municipal e terá capacidade de coletar e tratar 285,53 m3 por dia.

"Após a coleta, o esgoto será enviado através do interceptor até a ETE, onde o esgoto passará por processo de tratamento totalmente biológico, sem adição de produtos químicos. Inicialmente passará pela Lagoa Anaeróbica e depois será conduzido para Lagoa Facultativa, após esse processo o esgoto, devidamente tratado, será destinado ao Ribeirão Abóboras, já com parâmetros de qualidade que em nenhuma hipótese prejudicará o ribeirão", garante Buzetti.

A previsão do SAMAE de iniciar a coleta e tratamento do Esgoto na Taquara do Reino é de 120 dias. "Entretanto, esse prazo dependerá das condições do tempo", ressalta o diretor-presidente da autarquia.

Núcleo de Comunicação/PMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios