Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Prefeitura cria Central de Atendimento para ajudar tamaranenses que buscam auxílio emergencial

A Prefeitura de Tamarana criou uma Central de Atendimento para ajudar a população enquadrada nos critérios do auxílio emergencial federal a se cadastrar no benefício. Elaborado para amenizar prejuízos financeiros causados pelo novo coronavírus, esse pagamento tem sido feito desde o último dia 09.

A Central de Atendimento começará a funcionar hoje (24), no prédio do Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) em Tamarana, que fica na Escola Municipal Professora Iracema Torres Rochedo (Rua Manoel Barbosa Lemes, 35, Centro).

A ação irá ocorrer de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e é direcionada exclusivamente para quem mora em Tamarana. Estarão disponíveis 50 senhas por dia. A entrada será pelo portão lateral da escola, na Rua Evaristo Camargo.

Para ser atendido, o morador precisa levar todos seus documentos pessoais (inclusive um comprovante de residência atualizado) e também os de sua família – além de, para se proteger da Covid-19, estar com máscara que cubra o nariz e a boca. Os frequentadores devem manter distância de ao menos dois metros entre si.

Caso o munícipe queira apenas sanar dúvidas sobre o auxílio emergencial, ele pode ligar para a própria Central de Atendimento, no 3398-1966. Por esse telefone, também é possível entrar em contato para, antes de sair de casa, saber como está o fluxo de pessoas no local.

Ainda há como buscar esclarecimentos a respeito do benefício nos telefones do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Professora Sueli Dias de Paula Oliveira (3398-1960 ou 1961) e da Secretaria municipal de Assistência Social (3398-1977). O Cras atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Já a secretaria tem funcionado de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h.

A Central de Atendimento é fruto de ação conjunta entre as secretarias municipais de Assistência Social e de Educação, Cultura e Esportes; Cras; escolas municipais Professora Iracema Torres Rochedo e Professora Taeko Lima Almeida; Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Criança Esperança e Defesa Civil do município.

NCPMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios