Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Do fim de dezembro de 2019 até a última semana, Tamarana já acumulou 88 casos confirmados de dengue. A informação é da Secretaria municipal de Saúde, que, durante o período, não registrou óbitos causados pela doença.

Desde janeiro deste ano, quando o levantamento local de focos do Aedes aegypti  apontou que a infestação de larvas do mosquito já passava de 11% (https://bit.ly/levantamentofocosdenguetamarana), a pasta já vem fazendo alertas reiterados à população sobre a gravidade da situação.

A Saúde lembra que o momento pede várias precauções contra o novo coronavírus, mas o tamaranense não deve se descuidar da dengue. Ficar em casa – e combater os criadouros do mosquito que transmite a doença – são as principais recomendações.

Em vídeo publicado no canal da Prefeitura de Tamarana no YouTube, os profissionais da Vigilância Sanitária e do Combate a Endemias do município reforçaram esse recado coletivo. Assista-o aqui: https://youtu.be/kuoh-Hm0clo

O morador que tenha visto algum local que possa estar com água parada (e não sabe quem é o proprietário da área), tem de acionar a Vigilância Sanitária e o Combate a Endemias. O telefone é o 3398-1982. Pede-se que, se possível, a situação seja registrada em imagens.

NCPMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios