Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O ano começou com ambulância nova para atender os usuários da Saúde de Tamarana. Trata-se de uma Renault Master modelo 2017/2018 repassada ao município pelo Governo do Paraná. O veículo foi emplacado na última quinta-feira (11) e já está à disposição dos tamaranenses. Foram investidos R$ 129 mil na ambulância, dos quais R$ 120 mil vieram do Executivo estadual e R$ 9 mil foram pagos como contrapartida pela Prefeitura de Tamarana.

"Essa ambulância vai ter como prioridade o transporte de urgência. É uma grande aquisição para atender da melhor forma os pacientes em situação de risco”, declarou a secretária de Saúde do município, Dalva Siena. Com a chegada do novo veículo, a frota da Saúde municipal passou a contar com quatro ambulâncias de grande porte e duas de pequeno porte.

De acordo com o prefeito de Tamarana, Beto Siena, a aquisição de automóveis para as demandas da Secretaria de Saúde é uma das metas da atual administração. “Estamos trabalhando para renovar a frota da Saúde. O governo do estado mais uma vez foi parceiro de Tamarana e mandou essa ambulância para a cidade. Fica o nosso agradecimento ao governador Beto Richa e ao deputado estadual Tiago Amaral, que intermediou a vinda da ambulância”, afirmou Beto.

Os próximos veículos que irão chegar para atender os usuários da Saúde local serão duas vans. Elas irão transportar os tamaranenses para consultas e exames em outros centros. Uma delas atenderá a comunidade do Assentamento Água da Prata, o Incrão. A outra ficará à disposição dos moradores da zona urbana. Conforme a Secretaria de Saúde, as vans, que também serão repassados pelo Governo do Paraná, devem ser adquiridas em meados de março deste ano.

Samu

A secretária de Saúde esclareceu ainda que a pasta tem trabalhado para que Tamarana receba uma nova ambulância do Samu, já que, conforme vistoria de uma oficina contratada pelo município, a relação custo-benefício não justifica mais um conserto na atual viatura. "Estamos em busca de uma nova ambulância para o Samu. Esperamos que o Ministério da Saúde libere viaturas para todo o Brasil, porque não é só Tamarana que está nessa situação. Muitos municípios da 17º Regional de Saúde estão com a maioria da frota do Samu baixada", exemplificou Dalva Siena, que esclareceu ainda que, apesar da condição em que se encontra a ambulância do Samu, não há prejuízo no atendimento aos casos de urgência e emergência em Tamarana.

Asimp/PMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios