Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os tamaranenses compareceram às urnas no domingo (6), nas eleições unificadas para os conselhos tutelares de todo o Brasil, para escolher os conselheiros tutelares que irão atuar no município de 2020 a 2024.

A quantidade de eleitores que votaram nas duas seções instaladas na Escola Municipal Professora Iracema Torres Rochedo, área central da cidade, mais que dobrou em relação ao pleito anterior, em 2015. Foram 782 cidadãos que exerceram o direito ao voto. Quatro anos atrás, registrou-se 323 eleitores.

Os cinco candidatos mais votados – a quem são destinadas as cadeiras de conselheiros tutelares titulares – foram Eder Gonçalves da Silva (95 votos), Valdinéia (70 votos), Márcia Alves Gonçalves (64 votos), Simone Basso (61 votos) e Marcos Alves de Melo (60 votos).

Já os cinco candidatos que vêm na sequência com o maior número de votos – a quem se destina as vagas de suplência do órgão – são Wegner Segurança (57 votos), Tatiane Souza (56 votos), Neuza (53 votos), Eva Danielle (47 votos) e Larissa Fernanda (40 votos).

Ao todo, 16 candidatos disputaram o processo eleitoral, que, organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), teve início ainda em abril de 2019, com a divulgação do edital do certame.

O resultado completo da eleição deste domingo pode ser conferido nesta página (www.tamarana.pr.gov.br/pagina/eleicao-conselho-tutelar---2019). A diplomação e posse dos conselheiros titulares está marcada para 10 de janeiro de 2020.

Lucas Marcondes Araújo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios