Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Sanepar registrou um aumento médio de 10% no consumo de água em cidades da Região Norte do Paraná, atendidas por suas regionais de Apucarana, Arapongas, Cornélio Procópio, Londrina e Santo Antônio da Platina. O percentual foi apurado comparando os últimos 15 dias do mês de março com igual período do ano passado. A falta de chuva, o calor e o tempo seco podem ser as causas deste aumento, bem como as medidas de combate a pandemia do Coronavírus (Covid-19), com o isolamento social e a intensificação da lavagem das mãos.

Por conta do consumo elevado, tem ocorrido a despressurização da rede de distribuição em regiões mais afastadas dos reservatórios da empresa, especialmente em horários de pico. Isto quer dizer que, em alguns momentos do dia, a água chega com dificuldade nas pontas da rede das diferentes cidades.

Sem chuva e com previsão de temperaturas elevadas para este fim de semana, a Sanepar orienta a população que não faça a lavagem de veículos e calçadas e modere na irrigação de hortas e jardins. A recomendação é utilizar a água prioritariamente para alimentação e higiene pessoal.

Equipes permanecem trabalhando 24 horas por dia para garantir eficiência na operação dos sistemas. O cliente que tiver dificuldade no abastecimento deve fazer sua reclamação no Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar pelo telefone 0800 200 0115, que funciona sem interrupções e tem a ligação gratuita. Ao ligar, é importante ter em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. O registro desta ocorrência pode auxiliar o controle operacional e o planejamento de manobras para minimizar transtornos.

A Sanepar lembra que, seguindo normas técnicas, os imóveis devem ser equipados com reservatório domiciliar compatível com o número de moradores, com capacidade de reservação de, no mínimo, 24 horas.

Asimp/Sanepar

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios