Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Renda será revertida para a manutenção das atividades da Associação Londrinense Interdisciplinar de AIDS, em atividade há 30 anos

Respeitada nacionalmente, a Associação Londrinense Interdisciplinar de Aids, a ALIA, promove neste domingo (18) um evento destinado à arrecadação de recursos para manutenção de suas atividades, iniciadas há 30 anos.  Trata-se da Galinhada Goianense, que será realizada, a partir do meio-dia, na Chácara da Dinda, localizada nas proximidades da barragem do Lago Igapó (Rua Almeida Garret 292). 

Além da galinhada, o cardápio terá Tutu de Feijão com Bacon e Molho Vinagrete. Os pratos serão preparados pela chef Juliana Lopes.  Convites, reservas e mais informações através dos seguintes telefones/ WhatsApp: (43) 99978.6212 e 99811.5226.

Os participantes da Galinhada Goianense poderão apreciar também a programação artística, que contempla uma roda samba composta por professores e alunos da Escola Canto da Lira e discotecagem do DJ Jô Moreno. O evento prossegue até às 19 horas. 

O valor arrecadado será revertido para o custeio de despesas mensais da ALIA como água, luz, telefonia e internet, produtos de limpeza e conservação, além do custeio dos serviços de contabilidade. Os gastos giram em torno de, ao menos, R$ 1,2 mil mensalmente.

A Galinhada Goianense é uma das opções encontradas pelos voluntários para captar recursos para a ALIA. Sim, a Associação Londrinense Interdisciplinar de AIDS enfrenta dificuldades financeiras, em função do rompimento do patrocínio por parte de uma empresa multinacional, em outubro de 2018.

“Desde 2006, o setor privado era o nosso principal financiador. Muitas empresas, no entanto. parecem que decidiram rever seus pilares de responsabilidade social, talvez motivadas por discussões, algumas equivocadas, como ideologia de gênero e escola sem partido”, analisam Roni Lima, presidente da ALIA.

Breve Histórico Da Alia

A Associação Londrinense Interdisciplinar de AIDS é uma Organização da Sociedade Civil (OSC), cujas atividades foram iniciadas em 6 de maio de 1989. Em três décadas de atuação, a ALIA é reconhecida pelo enfrentamento da epidemia de AIDS, por meio de ações que agregam prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/AIDS) e hepatites.

Além disso, ocupa-se com a promoção dos Direitos Humanos e acesso às garantias fundamentais de Cidadania às populações mais vulneráveis. Atualmente, a ALIA atende mensalmente cerca de 200 pessoas em ações internas. O quadro de voluntários é composto por profissionais da área médica e de outros segmentos.

As ações e projetos da ALIA contemplam também a participação ativa – e necessária – na elaboração de Políticas Públicas voltadas ao público atingido. Na área de Gestão em Saúde, a ALIA coordenou as oficinas de Planejamento Estratégico para construção do Plano Municipal de enfrentamento às IST/HIV e Aids 2018 a 2021 no município, aprovada pelo Conselho Municipal de Saúde no ano de 2018.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.