Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Dona de curvas esculturais, a modelo capixaba Aline Dourado é uma das participantes da ‘Casa das Pimentinhas’, reality show promovido em parceria com a revista Sexy. Mesmo de olho no prêmio – que é a capa da publicação de novembro – a loira faz planos para seguir no meio artístico. Ela quer se lançar como cantora. Tanto que já negocia com uma produtora de São Paulo.

“Sempre tive o sonho de posar nua e claro que topei na hora o convite para o reality. O confinamento deu o que falar, me dei super bem com as meninas e estou bem confiante. Mas quero mesmo é aproveitar essa oportunidade para lançar meu trabalho na música. Sempre me falaram que eu tinha potencial, então decidi correr atrás do meu sonho e buscar um novo desafio”, conta.

Inspirada na carreira de Aline Riscado, sua xará, a pimentinha acredita que sensualidade combina muito com música. Tanto que Riscado agora, além de modelo e digital influencer, investe na carreira como cantora. E garante que se faturar a capa da revista Sexy, não vai apelar para um ensaio vulgar, só para ganhar os holofotes.

 “Me inspiro muito na Riscado e na Juju Salimeni, assim como elas quero trabalhar a minha sensualidade, mas não quero ficar só nesse segmento. Vou me arriscar na música e em outros projetos. Quero aproveitar a visibilidade do reality para me tornar funkeira e conseguir assinar com uma grande produtora”, planeja. “Enquanto isso, foco total no reality, quero muito a capa”, completa.

Para vencer a ‘Casa das Pimentinhas’ e faturar o prêmio, as modelos passam por três etapas: provas que somam pontos, a votação interna que se tornou a grande polêmica e o desfile para jurados, que acontece em São Paulo.

Eduardo Graboski/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios