Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Neste final de semana, em São Paulo, a polícia, junto aos fiscais da vigilância sanitária e da prefeitura, com o apoio do deputado Alexandre Frota, estouraram um cassino de luxo. No local, cerca de duzentas pessoas foram encontradas, entre elas o jogador do Flamengo, Gabigol e o funkeiro Mc Gui.

Torcedora do rubro-negro e fã de Gabigol, Cris Souza saiu em defesa do craque nas redes sociais, "A quantidade de artistas e anônimos atacando o Gabi é assustador. E as reuniões clandestinas? E as aglomerações clandestinas? E as viagens em grupos que estão diariamente publicando nas redes sociais? E as lives bem pensadas que mais parecem um mega show, possivelmente com equipes enormes, não estão aglomerando? Eu acho que hipocrisia deveria ser crime", e concluiu, alertando o jogador "Gabigol, meu querido, não aglomere mais em cassino. Estamos em quarentena. Da próxima vez que quiser jogar, marque uma jogatina na sua casa e me chama".

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.