Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Neste final de semana, em São Paulo, a polícia, junto aos fiscais da vigilância sanitária e da prefeitura, com o apoio do deputado Alexandre Frota, estouraram um cassino de luxo. No local, cerca de duzentas pessoas foram encontradas, entre elas o jogador do Flamengo, Gabigol e o funkeiro Mc Gui.

Torcedora do rubro-negro e fã de Gabigol, Cris Souza saiu em defesa do craque nas redes sociais, "A quantidade de artistas e anônimos atacando o Gabi é assustador. E as reuniões clandestinas? E as aglomerações clandestinas? E as viagens em grupos que estão diariamente publicando nas redes sociais? E as lives bem pensadas que mais parecem um mega show, possivelmente com equipes enormes, não estão aglomerando? Eu acho que hipocrisia deveria ser crime", e concluiu, alertando o jogador "Gabigol, meu querido, não aglomere mais em cassino. Estamos em quarentena. Da próxima vez que quiser jogar, marque uma jogatina na sua casa e me chama".

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios