Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Especialistas explicam que a música ativa o centro de prazer do cérebro, assim como o sexo e o chocolate, por exemplo. Ela libera dopamina e causa uma sensação de bem-estar e, por isso, tem sido usada por médicos, terapeutas e preparadores físicos como tratamento de diversos problemas – e tem trazido ótimos resultados.

A modelo Ana Paula Segetto, considerada a "Pequena Fitness", fez um ensaio fotográfico com fones de ouvido e falou sobre a importância da música nas atividades físicas.

A loira diz que quando escuta música e faz exercícios sente muita disposição além de ânimo infinito: "E se interagimos com a música, seja cantando ou dançando, a liberação destes compostos é ainda maior".

Nos seus exercícios diários, Ana Paula Segetto conta que não larga mão da música e que na sua playlist toca muito pop e hits do momento. Ela indica a música para as pessoas que sentem dor ou sensação de cansaço durante os exercícios físicos: "Fico tão distraída que nem sinto cansaço".

A beldade conclui: "A seleção das músicas para praticar exercícios é tão importante quanto seguir à risca a série de treino. Precisa ser uma música bem agitada e animada para acompanhar o ritmo dos exercícios".

MF Press Global

Foto: Davi Borges/ MF Press Global

Foto: Davi Borges/ MF Press Global

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.