Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ela falou também sobre a melhor e a pior parte da profissão

Com contratos espalhados por grifes renomadas e grandes agências de modelo de diversos países, principalmente na Índia, Fernanda Cecília, que tem 13 anos de carreira, falou sobre o que a profissão pode proporcionar de melhor.

"A melhor parte é conhecer outras culturas, ter novas experiências e contato com o diferente", afirma a modelo, que também fala sobre a pior parte da carreira: "Ficar longe da família".

Fernanda conta que, apesar de ter 13 anos de carreira, fez poucos amigos no mundo da moda.

"Amigos na profissão existem, mas é contado no dedo, mas acho que não apenas nesta profissão", disse a mineira, que relata que não tem arrependimentos na carreira, tudo de ruim que aconteceu sempre deixou um aprendizado.

Fernanda também revela que nunca se sentiu pressionada para manter o peso pela carreira, nem fez grandes sacrifícios ou loucuras para emagrecer.

"Como o que quero. Não penso em nada. Quando preciso, faço uma dieta de uma semana à base de proteína. Nunca fiz loucura ao extremo, apenas no começo que eu era mais encantada com peso", pontua a modelo, que tem 1,76m de altura, busto 84, cintura 61, quadril 86, cabelo castanho claro e olhos cor mel.

Vanessa Haddad/Asimp

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.