Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

"Acho que essa história de mulher ser só peito e bunda já era. A gente tem que se sentir bem com nosso corpo e buscar nossa melhor versão. Eu gosto de me cuidar, mas isso não me faz melhor do que ninguém", salienta

Quem vê o corpão escultural da bela Erika Schneider pelas redes sociais nem desconfia que por dentro existe uma mulher de personalidade ainda mais impactante que os clicks que ela posta.

"Não gosto de rótulos, nem de títulos, meu negócio é ser feliz do jeito que se é", afirma. A jovem que é dançarina profissional, modelo e empresária não gosta de chamar a atenção apenas por estar dentro de padrões estéticos. Para ela, o valor das pessoas está na capacidade de levar a vida com leveza e sabedoria.

"Acho que essa história de mulher ser só peito e bunda já era. A gente tem que se sentir bem com nosso corpo e buscar nossa melhor versão. Eu gosto de me cuidar, mas isso não me faz melhor do que ninguém", salientou.

Com quase 700 mil seguidores no Instagram, Erika faz questão de mostrar suas imperfeições pela rede quando faz suas publicações.

"Todo mundo tem estrias, celulites, varizes e mais um tanto de coisa 'fora do padrão'. Isso é ser de verdade e está tudo bem em ser assim", finaliza.

Jennifer da Silva - Suporte MF Press Global

Clique nas fotos para ampliar

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios