Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Musa do Amazonas, Léia Lee relembrou em uma rede social o ensaio nu que fez para a revista Spicy Fire em 2019, e falou sobre o assédio quando a revista foi lançada. Ainda hoje, um ano depois de ter posado nua, a loira se diz 'constrangida' com as mensagens que recebe em suas redes sociais tanto de homens quanto de mulheres.

"Infelizmente as pessoas não respeitam uma mulher que é convidada para posar nua e aceita a proposta. Eu não matei, não roubei, não usei o corpo de ninguém, A imagem é minha, bem como a vida, e eu tenho o direito de fazer com ela o que eu quiser, e as pessoas precisam respeitar isso. O fato de fazer um trabalho nu não quer dizer que estou disponível para sexo. Recebo mensagens tão constrangedoras que, tenho até medo de abrir quando tem alguém perto de mim. E, acreditem ou não, tem mulher que é tão ou mais machista que o homem. É feio, uma mulher agredir a outra! É feio, um homem não respeitar a escolha de uma mulher bem resolvida que está apenas fazendo o seu trabalho", revela.

Rômulo Moreira/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios