Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Uma das primeiras modelos brasileiras a criar um perfil sexy no OnlyFans, Iara Ferreira vem surpreendendo os fãs com fotos e vídeos sem censura, além de faturar alto com a venda dos nudes, cerca de R$ 100 mil por mês. Também de olho na plataforma, Anitta criou recentemente seu perfil e já causou polêmica. Mas Iara garante que ficou decepcionada com os conteúdos da cantora. Ela inclusive já cancelou a assinatura.

 “Assinei o perfil da Anitta porque a considero uma sex symbol e até para me inspirar nos conteúdos, mas ela decepcionou muito. Não mostra praticamente nada, quase tudo tem censura. Ela precisa fazer aulas comigo. Precisa aprender comigo. Vou ensinar a Anitta a ousar de verdade”, provoca rindo. “Se é para entrar no OnlyFans, que seja com um conteúdo mais hot. Tem que se jogar”, sugere a modelo.

Chamada nas redes sociais de musa do OnlyFans, Iara vê como positiva a entrada de Anitta na rede porque valoriza ainda mais o trabalho das criadoras de conteúdos sensuais e até eróticos.

 “A Anitta tirou um pouco aquele preconceito que existia. Muita gente olhava torto quando eu falava que vendia nudes no OnlyFans, hoje as pessoas estão encarando com mais naturalidade. Elas pensam: se a Anitta entrou, está tudo certo, está liberado. A visão das pessoas mudou bastante com a entrada dela. Anitta é um fenômeno que dita tendências, essa é a verdade”.

Além do OnlyFans, Iara também aposta no recurso do Close Friends no Instagram para vender seus conteúdos. É lá que ela consegue interagir mais com os assinantes por mensagens. “Mais do que fotos e vídeos, tenho um contato muito maior com os meus fãs. Essas redes têm me aproximado muito deles e isso é bem legal. Só tenho motivos para comemorar”.

Eduardo Graboski/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios