Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Mayra Borowik, musa do estado de São Paulo e apontada como sósia da cantora Anitta, usou suas redes sociais para apoiar a campanha do aplicativo da rede varejista Magalu no combate à violência contra a mulher. O aplicativo possui um botão para denúncias e incentiva as mulheres oprimidas à "fingir" que estão fazendo compras para fazer a denúncia sem sofrer represálias.

"O assédio contra as mulheres e imigrantes é uma realidade no mundo inteiro. Conheci muitas mulheres que viviam em relacionamentos abusivos e não tinham coragem de denunciar, por isso acho maravilhosa a iniciativa desse app de compras, que além de chamar a atenção para o problema, oferece uma alternativa simples e funcional para ajudar as mulheres. Simplesmente sensacional."

As denúncias de violência doméstica entre janeiro e abril tiveram alta de 14,1% se comparadas ao mesmo período de 2019. O mês de abril sozinho apresentou crescimento de 37,6%, segundo dados do governo federal.

As denúncias contabilizadas são dos canais disque 180 e disque 100, que foram unificados. Porém, muitos casos de violência ainda não são denunciados. Um dos motivos se deve ao fato de, muitas vezes, a mulher estar no mesmo ambiente que o agressor e não conseguir sair de casa por conta da quarentena.

A funcionalidade do aplicativo já é antiga: começou a ser implementada em março de 2019. Mas, com o aumento de casos de violência doméstica durante a pandemia de coronavírus, a rede de lojas usou as redes sociais para reforçar a possibilidade de uso desse canal.

Mayra, que é paulista mas mora atualmente em Portugal, está sendo cotada para a capa de uma famosa revista masculina, mas desconversa: "Ainda é muito cedo para falar sobre isso. Quem sabe um dia...", disse aos rissos.

Lipe Aramuni/Ag. Luxxus

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios