Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Nos últimos 10 anos, ele já esteve no elenco de nove novelas

Prestes a completar 48 anos de vida no próximo mês de maio, 30 deles voltados somente para as artes, o ator paulistano Gustavo Novaes não esperava ter uma trajetória tão longa e com tantos êxitos. Ele pode ser visto agora na mais nova fase da novela ‘Gênesis’, da RecordTV, a de Abraão, onde vive Quedorlaomer, rei de Elão.

- Na sua história esse rei age quando os reinos vizinhos deixam de pagar os tributos, ele declara guerra e deixa um rastro de destruição e escravidão. Trabalhei com nomes que admiro muito como Marcos Winter, Marcelo Menezes, Emílio Orciollo Netto, Beth Goulart e José Carlos Machado, é um prazer contar essa história – completa o interprete de Quedorlaomer.

Com o decorrer da trama ele se aproxima de Maresca (Thais Muller/Marcela Muniz) que se torna sua escrava, porém com o tempo ele desenvolve um fascínio por ela.

- Quando ela se torna sua escrava, ele se encanta pela sua beleza, mas não deixa transparecer. Ela é a única com a qual o rei consegue dá um sinal de humanidade, apesar de ser um homem moldado pela guerra. Isso vai ser mostrado com o decorrer da sua trama – explica o interprete de Quedorlaomer.

Antes de assumir o papel em ‘Gênesis’, Novaes esteve na novela ‘Amor de Mãe’, onde viveu Samuel, treinador de tênis de Marina (Erika Janunza).

- Foi um momento bem legal, trabalhei com pessoas que admiro e conheço, além dos trabalhos na televisão. Fiquei muito contente de integrar o elenco, Manuela Dias é uma autora espetacular e Jose Vilamarim dispensa comentários – ressalta.

Logo em seguida a trama global, ele emendou na história da RecordTV, onde teve toda uma preparação para viver o rei de Elão.

- Estudei muito com leitura, além de filmes e séries. A gente absorve todas as informações para compor um personagem desse, além da preparação corporal que requer uso de armas antigas e montar a cavalo – complementa.

Gustavo diz que não houve dificuldades durante as gravações e agradece a oportunidade de viver esse rei tão importante na história.

- É um trabalho que fica guardado, além da experiência, fico muito feliz também pela oportunidade de conhecer novos amigos – completa.

Formado em Artes Cênicas pelo Célia Helena Centro de Artes e Educação, o ator já fez mais de 30 filmes entre eles os longas “Aparecidas”, “Hebe”, “O Sofá”, “Canastra Suja”, “Éden”, “Trinta”, “Dores de Amores”, "O lobo atrás da porta", além de séries como "1 Contra Todos" (FOX), “Coisa mais linda” (Netflix), “Eu, a Vó e a Boi” (Globoplay), "Passionais" (Netflix) e "Maysa" (TV Globo) entre outras produções.

Em novelas ele é rosto conhecido do telespectador, de 2011 para cá já esteve no elenco de nove, entre elas “Orgulho e Paixão”, “O Sétimo Guardião", "A regra do jogo", "Saramandaia", "Aquele Beijo" (todas na TV Globo); "Carinha de Anjo" (SBT); "A Terra Prometida" (Record TV). Além de participações em “Malhação”, “Pega Pega”, “Novo Mundo”, “Tempo de Amar”, “Do Outro Lado do Paraiso" (TV Globo).

- Adoro emendar trabalhos, essas possibilidades que a carreira traz são únicas e poder viver papéis em diferentes épocas é maravilhoso. Sou extremamente grato a todos os trabalhos que apareceram, foram de grande aprendizado e vou continuar dando o meu melhor a cada novo personagem que fizer – diz ele.

O ator, que vive no Rio de Janeiro desde 2006, diz que na rotina atual tem se preservado ao máximo por conta da pandemia do Covid 19.

- Hoje estamos todos se preservando pelo momento que vivemos. Então tenho tirado o meu tempo para me dedicar aos estudos, além da meditação, esporte, jardinagem – revela Novaes.

Além de ‘Gênesis’, o artista já tem novos projetos engatilhados para diferentes plataformas do audiovisual, entre lançamentos e gravações.

- Existem lançamentos de trabalhos que já havia gravado para o cinema, como o filme ‘A Flor da Gigóia’, Ivo Schergl Jr. Além disso, vou gravar a série ‘Envoltos’, na sequência de ‘Gênesis’, e também tenho outro papel em um longa já engatinhado, além de outra produção para a Amazon Prime, mas tudo sem data por conta da pandemia, a prioridade agora é a saúde – finaliza Gustavo.

Raquel Dourado/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.