Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

São famosas as histórias sobre encontros em apartamentos e saraus fechados que deram origem à bossa nova. E é quase impossível dissociar o ritmo surgido no final dos anos 50 da zona sul carioca, uma das localizações mais ricas do Rio de Janeiro.

Mas não é só da elite que o ritmo se aproxima. Pensando em democratizar cada vez mais a bossa nova para todos os públicos, surge o duo Ana Brasil e Ronaldo, que há 18 anos desenvolveram uma parceria musical que vem propagando a fusão entre samba e o jazz a todas as classes.

Para conseguir esse feito, o duo aposta na divulgação do seu trabalho musical em todas partes, inclusive nas redes sociais. São realizadas diversas lives semanais, com forte apelo de divulgação para que possam atingir o máximo de pessoas. Com o timbre inconfundível da Ana, aliado ao violão bem refinado de Ronaldo, ambos conseguem embalar pockets shows em todo o território nacional.

Fazendo parceria com grandes agências de eventos do Brasil, o duo conseguiu a sua autonomia financeira, sem descaracterizar a sua concepção estética. Nesse sentido, foi possível realizar o lançamento de singles com qualidade, democratizando a bossa na cultura brasileira.

De acordo com Ana Brasi l, a proposta é trazer uma releitura da Bossa Nova, sem perder a essência que o ritmo nos traz. "Inspirados nos nossos Mestres João Gilberto e Tom Jobim, a cada batida de violão de João e o refinamento harmônico de Tom Jobim, que deixaram histórias, vivemos embebidos neste Universo, mas no caminho de sempre aprendiz."Nunca parar de estudar, e entendo que Bossa Nova , é um samba, é um baião, mas de uma forma mais delicada, mais suave, por isso , tomo cuidado com a tonalidade nas canções para ir de encontro com o timbre e a voz aveludada de Ana Brasil", completa Ronaldo.

Hoje o duo possui dois álbuns autorais, sendo um deles intitulado como “Nosso Samba Bossa Nova” (O álbum esteve entre os 20 títulos mais vendidos, sendo lançado também no Japão), e o álbum “Para uma Flor que o Tempo Levou”. Na carreira, também já lançaram um single de sucesso chamado “Anjo Protetor”, e agora já preparam um novo single, “Pergunta ao Tempo”, a ser lançado em todas as plataformas digitais dia 23 de outubro. O novo lançamento só foi possível através do crowdfunding, um modelo de financiamento coletivo, realizado no auge da pandemia, com participações dos músicos e artistas convidados, gravando de suas casas, todos eles especialmente desenvolvendo o samba e seus subgêneros, como a Bossa Nova.

Tawany Santos/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.