Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

São famosas as histórias sobre encontros em apartamentos e saraus fechados que deram origem à bossa nova. E é quase impossível dissociar o ritmo surgido no final dos anos 50 da zona sul carioca, uma das localizações mais ricas do Rio de Janeiro.

Mas não é só da elite que o ritmo se aproxima. Pensando em democratizar cada vez mais a bossa nova para todos os públicos, surge o duo Ana Brasil e Ronaldo, que há 18 anos desenvolveram uma parceria musical que vem propagando a fusão entre samba e o jazz a todas as classes.

Para conseguir esse feito, o duo aposta na divulgação do seu trabalho musical em todas partes, inclusive nas redes sociais. São realizadas diversas lives semanais, com forte apelo de divulgação para que possam atingir o máximo de pessoas. Com o timbre inconfundível da Ana, aliado ao violão bem refinado de Ronaldo, ambos conseguem embalar pockets shows em todo o território nacional.

Fazendo parceria com grandes agências de eventos do Brasil, o duo conseguiu a sua autonomia financeira, sem descaracterizar a sua concepção estética. Nesse sentido, foi possível realizar o lançamento de singles com qualidade, democratizando a bossa na cultura brasileira.

De acordo com Ana Brasi l, a proposta é trazer uma releitura da Bossa Nova, sem perder a essência que o ritmo nos traz. "Inspirados nos nossos Mestres João Gilberto e Tom Jobim, a cada batida de violão de João e o refinamento harmônico de Tom Jobim, que deixaram histórias, vivemos embebidos neste Universo, mas no caminho de sempre aprendiz."Nunca parar de estudar, e entendo que Bossa Nova , é um samba, é um baião, mas de uma forma mais delicada, mais suave, por isso , tomo cuidado com a tonalidade nas canções para ir de encontro com o timbre e a voz aveludada de Ana Brasil", completa Ronaldo.

Hoje o duo possui dois álbuns autorais, sendo um deles intitulado como “Nosso Samba Bossa Nova” (O álbum esteve entre os 20 títulos mais vendidos, sendo lançado também no Japão), e o álbum “Para uma Flor que o Tempo Levou”. Na carreira, também já lançaram um single de sucesso chamado “Anjo Protetor”, e agora já preparam um novo single, “Pergunta ao Tempo”, a ser lançado em todas as plataformas digitais dia 23 de outubro. O novo lançamento só foi possível através do crowdfunding, um modelo de financiamento coletivo, realizado no auge da pandemia, com participações dos músicos e artistas convidados, gravando de suas casas, todos eles especialmente desenvolvendo o samba e seus subgêneros, como a Bossa Nova.

Tawany Santos/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios