Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Coluna Social 07/04/2017  09h21

ExpoLondrina - Arborismo e jogos rurais atraem grande público na Fazendinha

Atividades realizadas na Expolondrina 2017 visam estimular o turismo rural de lazer e corporativo

Um dos pontos mais concorridos do Parque Ney Braga nos primeiros dias da Expolondrina 2017, o espaço da Fazendinha destinado ao turismo rural vem atraindo público muito superior ao esperado. Os destaques são, além das degustações, as atividades de arborismo ou turismo de aventura e os jogos rurais, ambos novidades na exposição.

Só nos primeiros sábado e domingo da feira (dias 1 e 2 de abril), cerca de 1.600 pessoas participaram das atividades dos jogos rurais, que incluem um estilingue gigante e miniquadras de jogos japoneses tradicionais. No mesmo fim de semana, outras 1.200 pessoas fizeram o circuito de arborismo, informa João Gouveia Cezar, diretor da Rota Sonho Lindo e um dos responsáveis pelas atividades do turismo rural na Expolondrina 2017 junto com Emater, Paraná Turismo e outros parceiros.

Cezar explica que a previsão era de 120 participantes por dia no arborismo, um quinto do público registrado no final de semana. “Optamos por suspender parte da programação na segunda-feira para fazer uma manutenção preventiva dos equipamentos, já que a segurança é fundamental nesse tipo de atividade”, diz o empresário.

Foram montados para o arborismo na Fazendinha uma corda de marinheiro para escalada, uma ponte de três cordas, a falsa baiana (duas cordas em cima e uma embaixo) e um ponto de rapel. O circuito é operado por instrutores de três empresas da região especializadas em turismo de aventura.

A proposta dos integrantes da Rota Sonho Lindo é chamar a atenção do público para os roteiros já existentes e que podem ser montadas para lazer e esportes radicais e para empresas. Esses dois segmentos – lazer/aventura e corporativo – estão crescendo na região e têm potencial para crescer muito mais, acrescenta Cezar.

Todos os finais de semana, são fechados grupos para passeio e esportes de aventura em locais na região, a grande maioria aos sábados. Muitas empresas, diz ele, estão descobrindo a importância e os ganhos de fazer ações com seus colaboradores em ambientes rurais ou em contato com a natureza. O ambiente rural é propício para atividades de imersão e, ao mesmo tempo, para eliminar o estresse e promover a integração das equipes.

A Rota Sonho Lindo inclui pousadas, hotéis, restaurantes e outros empreendimentos rurais de 22 municípios da Bacia do Médio Tibagi, reunidos em seis circuitos temáticos e 18 roteiros. Os jogos rurais, por exemplo, fazem parte do circuito Nipo-brasileiro, criado em Assaí e em fase de implantação em outros municípios da região.

ASCOM/EXPO

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.